Colaboradores do Base participam de curso de Classificação de Risco


Publicado em: 12 de julho de 2019

Profissionais foram certificados pelo Protocolo de Manchester – 

A sexta-feira (12) foi de ensino no Hospital de Base (HB). A Gerência de Gestão do Conhecimento, da Diretoria de Ensino e Pesquisa do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF), realizou um curso de Classificação de Risco pelo Protocolo de Manchester.
Com o propósito de promover um atendimento mais qualificado, de acordo com a gerente de Gestão de Conhecimento, Niedja Bartira Rocha Nogueira, o curso certificou 50 colaboradores e 15 auditores internos no sistema Manchester.
“Inicialmente, foi feita a capacitação dos classificadores, em seguida fizemos a implementação da Classificação de Risco na Unidade; o acompanhamento presencial do Grupo Brasileiro de Classificação de Risco (GBCR) na unidade onde a classificação foi implantada, e, posteriormente, a capacitação de auditores”, explica.
Bartira afirma que o Acolhimento com Classificação de Risco é uma importante ferramenta desenvolvida para promover melhorias na organização dos serviços de emergência.
“A ideia é prestar um atendimento mais humanizado, definindo prioridades de acordo com o grau de complexidade apresentado pelos usuários dos serviços de emergência. A partir desse protocolo, os atendimentos são realizados conforme o grau de gravidade apresentado pelo paciente, por riscos de agravamento ou ainda pelo grau de vulnerabilidade dos mesmos. Promove mais qualidade e segurança para todos”, destaca.

Texto: Leilane Oliveira/IGESDF

Foto: Davidyson Damasceno/IGESDF

Não deixe de compartilhar: