Hospital de Base realiza média de 1,5 mil transfusões de sangue por mês


Publicado em: 14 de junho de 2019

Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado nesta sexta-feira –

Comemorado nesta sexta-feira (14), o Dia Mundial do Doador de Sangue foi instituído em 2004 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para homenagear e agradecer a todos os doadores que ajudam a salvar vidas diariamente.

Segundo a chefe do Serviço de Hematologia e Hemoterapia do Hospital de Base (HB), Miriam Daisy Calmon Scaggio, este ano o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) realizou cerca de 7,5 mil transfusões de sangue, uma média de quase 1,5 mil transfusões por mês.

“Todo o sangue utilizado no Hospital de Base é proveniente da Fundação Hemocentro de Brasília, que é uma parceira muito importante. A fundação realiza as coletas e o processamento dos componentes do sangue para transfusão. Também faz todos os exames que garantem segurança e qualidade às transfusões”, explica.

Miriam informa que as transfusões de sangue são fundamentais para salvar a vida de pessoas acidentadas,  que passam por cirurgias ou portadoras de doenças crônicas que necessitam do sangue para correção de anemias crônicas.

“O IGESDF oferece tratamentos especializados nas diversas áreas da medicina e, por isso, utiliza uma grande quantidade de transfusões. Há ainda pacientes portadores de doenças do sangue, que precisam de transfusões frequentes”, ressalta.

Doações – Para ser doador de sangue basta procurar a Fundação Hemocentro de Brasília (FHB), de segunda a sábado, das 7h às 18h. Os requisitos básicos para ser um doador de sangue são:

– Ter entre 16 e 69 anos de idade;

– Pesar mais de 51kg;

– Não estar em uso de medicamentos;

– Dormir, pelo menos, seis horas na noite anterior à doação;

– Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação;

– Não fumar duas horas antes da doação.

Texto: Leilane Oliveira/IGESDF

Foto: Davidyson Damasceno/IGESDF

Não deixe de compartilhar: