Novembro Azul alerta para o câncer de próstata


Publicado em: 04 de novembro de 2019

Tipo de câncer é o mais comum entre os homens excluindo os tumores de pele

Com a estimativa de que 68.220 novos casos de câncer de próstata sejam diagnosticados no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Cancer (INCA), os homens devem ficar em alerta para a prevenção, sinais e diagnóstico da doença.
A médica oncologista do Hospital de Base, Tatianny Paula Araújo, explica que a próstata é uma glândula do sistema genital masculino, localizada na frente do reto e embaixo da bexiga urinária. O tamanho da próstata varia com a idade. “Em homens mais jovens, tem aproximadamente o tamanho de uma noz, mas, pode ser muito maior em homens mais velhos”, afirmou.
“Já o câncer de próstata é um tumor maligno que se origina na próstata, sendo que muitos deles se desenvolvem a partir de células glandulares, por isso, a grande maioria dos cânceres de próstata é chamada adenocarcinoma”, esclareceu.
A detecção pode ser feita por meio da investigação, com exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos, de pessoas com sinais ou sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou com o uso de exames periódicos em pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença.
“No caso do câncer de próstata, esses exames são o toque retal e o exame para avaliar a dosagem do PSA – Antígeno Prostático Específico. Portanto, o diagnóstico final do câncer de próstata só pode ser feito com uma biópsia da próstata”, esclareceu a médica.
SINAIS E SINTOMAS – O câncer de próstata em estágio inicial, geralmente, não provoca sintomas, enquanto em estágio avançado pode causar alguns, como:
• Micção freqüente.
• Fluxo urinário fraco ou interrompido.
• Vontade de urinar frequentemente à noite (nictúria).
• Sangue na urina ou no sêmen.
• Disfunção erétil.
• Dor no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos se a doença se disseminou.
• Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés
TRATAMENTO – Alguns tipos de câncer de próstata crescem lentamente. Em alguns casos, é recomendado monitoramento conhecido como vigilância ativa. Outros tipos são agressivos e necessitam de radioterapia, cirurgia, terapia hormonal, quimioterapia ou outros tratamentos.
Quando os homens devem procurar o médico? – A Sociedade Brasileira de Urologia mantém a recomendação de que homens, a partir de 50 anos de idade, devem procurar um profissional especializado para avaliação individualizada. Aqueles de raça negra ou com parente de primeiro grau com câncer de próstata devem começar aos 45 anos. Após os 75 anos, poderá ser realizado apenas para aqueles com expectativa de vida acima de 10 anos.
PREVENÇÃO – Mesmo não havendo consenso, alguns estudos sugerem que dietas pobres em gordura e carnes vermelhas, mas ricas em grãos, cereais, frutas e vegetais podem proteger contra o aparecimento da doença.
Além disso, é importante ter hábitos de vida mais saudáveis como a prática de atividade física com pelo menos 30 minutos diários, dieta balanceada, mantendo peso adequado à altura e redução do consumo de álcool, bem como não fumar.

Não deixe de compartilhar: