Unidade de Psiquiatria do Hospital de Base tem serviço exclusivo


Publicado em: 05 de julho de 2019

Pacientes contam com estimulação elétrica para recuperar força muscular

Os pacientes que não têm uma musculatura capaz de gerar movimentos eficazes, e, por isso, são acamados ou têm dificuldades de realizar atividades corriqueiras, contam com um serviço de fisioterapia exclusivo na Unidade de Psiquiatria no Hospital de Base (HB): Eletroestimulação Muscular (EMS).

Segundo o fisioterapeuta Felipe Futuro, que implantou o recurso na Unidade, a técnica ajuda a trabalhar a recuperação de força (tônus e trofismo) em pacientes não colaborativos ou que sofreram com uma perda importante muscular – o que os deixaram incapazes de realizar atividades leves.

“A técnica consiste em impulsos elétricos que recriam o mecanismo natural de estímulo gerado pelo sistema nervoso, com contrações musculares de alta qualidade e intensidade”, explica.

Conforme afirma Felipe, a primeira paciente a fazer uso do método vivia restrita a uma cadeira de rodas, sem capacidade de estender as pernas sozinha e com dores ao fazer algum esforço.

“Cerca de quatro meses depois da estimulação, já foi possível começar exercícios e treinamento para deambulação (passeios) com ela. O bom resultado possibilitou que a técnica fosse utilizada também em outros pacientes, o que acelerou o ganho da massa muscular perdida e a manutenção do volume muscular existente”, comemora dizendo que pesquisas mostram que a aplicação da EMS não compromete o quadro clínico dos pacientes.

“Ao contrário, a reabilitação fica mais rápida, eficiente e dinâmica. Assim, eles conquistam funcionalidade e ficam menos tempo internados”, conclui o fisioterapeuta.

Texto: Leilane Oliveira/IGESDF

Foto: Unidade de Psiquiatria/HB

Não deixe de compartilhar: