ATS – Avaliação de Tecnologias em Saúde


Sobre a ATS

O termo “tecnologia de Saúde” aplica-se a todos os meios utilizados para promoção, prevenção e tratamento de patologias e inclui tratamento farmacológico, materiais médico hospitalares, procedimentos, equipamentos diagnósticos e eventualmente instalações necessárias para o uso destas tecnologias.

A Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) considera a efetividade, disponibilidade, apropriação e custos destas novas tecnologias. O papel da ATS é fornecer para os tomadores de decisão uma análise impessoal, baseada na melhor evidência científica disponível acerca das tecnologias de saúde que são utilizadas na prática clínica, com um entendimento das implicações econômicas, ambientais, sociais, políticas e legais para a sociedade e para a instituição.

O HBDF em sua história de 50 anos tem tradição em atividades de ensino e pesquisa. No ano de 2009, a partir de um edital de Chamada Pública do Departamento de Ciência e Tecnologia – DECIT/MS para Hospitais de Ensino criou um Núcleo de Avaliação de Tecnologia em Saúde – NATS. Foi certificado pelo Ministério da Saúde. Por intermédio do DECIT da Secretaria de Ciência, tecnologia e Insumos Estratégicos como integrante da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologia em Saúde – REBRATS em 31 de agosto de 2010. Participou do I Seminário de Hospitais Sentinela e de Avaliação em Tecnologia de Saúde no período de 12 a 14 de agosto de 2009, em Recife/PE e realizou o I Seminário sobre Avaliação de Tecnologia em Saúde do Distrito Federal em 28 de fevereiro de 2011. Como Hospital de Ensino objetiva introduzir e disseminar a cultura sobre avaliação de tecnologias em saúde na instituição e no âmbito da SES-DF.

5 passos institucionais da Avaliação de Tecnologia em Saúde

Registre sua demanda no Formulário Google twixar.me/PFv3 incluindo a melhor evidência científica disponível

O gestor imediato do demandante envia a solicitação pelo email institucional

O Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS) produz uma Nota Técnica de Revisão Rápida(NTRR)

A Comissão de Incorporação pertinente debate a demanda e emite parecer à Diretoria Executiva (DIREX)

A DIREX decide sobre a incorporação ou desincorporação do item

Fluxo ATS

Comissões

  • CFT – Comissão de Farmácia e Terapêutica A Comissão de Farmácia e Terapêutica (CFT) é a instância colegiada de caráter permanente e integrante da estrutura regimental do IGESDF, de natureza consultiva, científica, educativa, deliberativa, subordinada à Diretoria Executiva do Instituto. Tem composição multidisciplinar e é presidida pelo Diretor Clínico do IGESDF. A CFT tem por finalidade a avaliação sistemática da relação dos medicamentos padronizados e disponibilizados no IGESDF e realiza seleção de medicamentos nos diversos níveis de complexidade do sistema; estabelece critérios para o uso dos medicamentos selecionados e avalia-os por meio de protocolos alem de definir critérios para a incorporação de novas tecnologias de saúde. Confira o Regimento InternoCIPES – Comissão de Incorporação de Produtos e Equipamentos para Saúde A Comissão de Incorporação de Produtos e Equipamentos para Saúde (CIPES) é a instância colegiada de caráter permanente e integrante da estrutura regimental do IGESDF, de natureza consultiva, científica, educativa, deliberativa, subordinada à Diretoria Executiva do Instituto. Tem composição multidisciplinar e é presidida pelo Diretor de Administração do IGESDF. A CIPES tem por finalidade a avaliação sistemática da relação dos produtos e equipamentos hospitalares padronizados e disponibilizados no IGESDF, estabelecendo critérios para o uso dos produtos e equipamentos hospitalares selecionados; avaliando sua utilização de definindo critérios para a incorporação de novas tecnologias em saúde. Confira o Regimento Interno