Hospitais
Upas

Pesquisa e Inovação

Estudo Donors – ICU Trial

Título: Implantação de protocolo clínico para manutenção do potencial doador em unidades de terapia intensiva: ensaio clínico randomizado por cluster. DONORS – ICU Trial – Donation (National) Network to Optimize Organ Recovery Study

 

Pesquisador responsável: Luiz Hamilton da Silva

Status: Em andamento

 

Para a sociedade: A doação de órgãos é realizada em pacientes já em morte cerebral (quadro irreversível), mas que apresentam demais órgãos em bom estado. Um exemplo seria um homem jovem que teve danos cerebrais irreversíveis após um acidente de carro ou um tiro na cabeça, mas mantem órgãos como fígado e coração em bom estado. Apesar da demanda crescente por doadores para programas de transplante de órgãos, inúmeros possíveis doadores em morte encefálica acabam vindo a óbito antes da doação. A quantidade de doadores poderia ser otimizada, através da melhoria (sistematização) dos cuidados clínicos empregados a estes indivíduos. Este protocolo de estudo visa melhorar o gerenciamento de doador de órgãos em unidades de terapia intensiva (UTIs) e reduzir a perda de potenciais doadores por parada cardíaca.

 

Para o pesquisador: O estudo incluiu UTIs de pelo menos 60 sites brasileiros com uma média de 10 notificações anuais de potenciais doadores de órgãos válidos. Os hospitais foram designados aleatoriamente (com razão de alocação de 1:1) para o grupo de intervenção, o que envolveu a implementação de uma lista de verificação baseada em evidências para uma possível doação de órgãos, ou o grupo controle, que manteve as práticas habituais assistenciais da UTI. Os membros da equipe de todas as UTIs participantes receberam treinamento sobre como conduzir entrevistas familiares para doação de órgãos. O resultado primário foi a perda de potenciais doadores devido a parada cardíaca. Os resultados secundários incluíram o número de doadores de órgãos reais e o número de órgãos recuperados por doador real.

Compartilhe: