Hospitais
Upas

Pesquisa e Inovação

Estudo Resilient Trial

Título: Randomização de tratamento endovascular com stent-retriever e/ou tromboaspiração versus o tratamento clínico padrão no AVC isquêmico agudo devido à oclusão de grande vaso (RESILIENT TRIAL)

 

Pesquisadora responsável: Letícia Costa Rebello

Status: Finalizado

 

Para a sociedade: O AVC isquêmico, popularmente conhecido como “derrame” ou “isquemia cerebral”, ocorre quando uma artéria da circulação cerebral entope com um coágulo, faltando sangue e oxigênio para as células do cérebro. Quando isto acontece, o indivíduo pode perder a força de um lado do corpo, ficar com dificuldade para falar, compreender, enxergar ou caminhar. Muitas vezes estas sequelas são irreversíveis. O tratamento disponível é chamado de trombólise endovenosa, que consiste na utilização da medicação alteplase, que é administrada em uma veia do braço do paciente e ela vai pela circulação até o cérebro para tentar dissolver o coágulo que entope a artéria e normalizar a circulação cerebral. Quanto mais rápido for o tratamento, maior a chance de recuperação completa do paciente. Este tratamento pode ser utilizado até 4,5 horas do início dos sintomas. Além de nem todos os pacientes poderem receber este tratamento, também pode acontecer do paciente receber o medicamento e ele não funcionar. No seu caso (ou do paciente que você representa) a artéria ocluída é muito grande e a chance de desobstrução com a medicação na veia é somente de 10 a 25%.

 

Para o pesquisador: O RESILIENT é um estudo internacional, multicêntrico, com objetivo de avaliar a viabilidade do tratamento de AVCi por trombectomia no SUS (trombectomia mecânica com stent-retriever e/ou tromboaspiração), e compará-lo ao tratamento padrão atual.

O desfecho foi medido por evolução mais favorável na distribuição do Escore de Ranking modificado (mRs) em 90 dias em sujeitos se apresentando com AVC isquêmico com oclusão de grande vasos em circulação anterior igual ou inferior a 8 horas do início dos sintomas.

O estudo foi interrompido por análise interina no dia 23/03/19 por orientação ética, devido à grande superioridade da trombectomia em relação ao tratamento clínico. O Brasil realizou a inclusão de 221 pacientes, tendo sido o Hospital de Base o 2o no país em recrutamento.

Este estudo é um grande marco no avanço do tratamento do AVC no Sistema Único de Saúde.

Compartilhe: