Pesquisa e Inovação

Neurocríticos Brasil

Título: Neurocríticos

Pesquisadora responsável: Glécia Carla Rocha

Status: Finalizado

 

Para a sociedade: Nos países em desenvolvimento há uma demanda crescente por estratégias que visem destinação de recursos para cuidados neurológicos agudos. A avaliação baseada na população pode ser um ponto de partida para se obter uma visão sobre pacientes neurocríticos em nosso país. O estudo em questão visa a descrição dos pacientes internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) brasileiras, cujo motivo de internação principal tenha sido um diagnóstico neurológico. O conhecimento destes dados epidemiológicos em um centro de tratamento de saúde permite a tomada de decisões estratégicas, visando o aperfeiçoamento da qualidade de atenção e, ao mesmo tempo, a aquisição de tecnologias, o treinamento dos recursos humanos, a reavaliação e criação de processos, protocolos e a adaptação estrutural. Estes dados podem ser utilizados para o planejamento com vistas à adequação da unidade às características demográficas da população que ela recebe.

 

Para o pesquisador: Estudo de coorte multicêntrico, que visa a descrição dos pacientes internados com um diagnóstico primário neurológico nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) brasileiras. O levantamento será realizado por meio do preenchimento eletrônico dos dados de todos os pacientes internados na UTI, cujo motivo de internação for um diagnóstico neurológico primário. Os pacientes serão acompanhados por 30 dias ou até a alta do hospital ou óbito.