previous arrow
next arrow
Slider

Informações importantes

Como me proteger

  • Lave as mãos com frequência, com água e sabão. Ou então higienize com álcool em gel 70%.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
  • Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas e fique em casa até melhorar.
  • Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Evite aglomerações e mantenha os ambientes ventilados.

Como o coronavírus
(Covid-19) é transmitido

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo (cerca de 2 metros), por meio de:

  • Gotículas de saliva
  • Espirro
  • Tosse
  • Catarro
  • Toque ou aperto de mãos
  • Objetos ou superficíes contaminadas

quais são os
principais sintomas

O coronavírus (Covid-19) é similar a uma gripe. Geralmente é uma doença leve ou moderada, mas alguns casos podem ficar graves. Os sintomas mais comuns são:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar

Notícias

Dúvidas Frequentes

Já existe tratamento contra o coronavírus (Covid-19)?

SIM. O tratamento evita o agravamento da doença e reduz o desconforto. No entanto, não há um medicamento para matar o vírus. E a grande maioria dos casos, como acontece com as gripes, são curados sozinhos.

E já existe vacina?

Não há vacina disponível até o momento.

Vou viajar para um local com casos de coronavírus (Covid-19). O que faço?
  • Avalie a necessidade real da viagem e adie, se possível
  • Se for inevitável, previna-se e siga as orientações das autoridades de saúde do local
Como o Brasil contribui com o mundo contra o coronavírus (Covid-19)?
  • Identificando e notificando à OMS os casos da doença
  • Capacitando vários países vizinhos na detecção laboratorial do diagnóstico do vírus
  • Colocando à disposição da OMS especialistas em epidemiologia de campo (EPI-SUS) para a investigação de casos
Produtos que vêm da China podem trazer o vírus?

NÃO, apenas a alegria de receber sua encomenda! A Anvisa monitora os portos e aeroportos e elabora regularmente orientações e avisos sonoros de prevenção da doença.




Voltei de viagem de um local com casos de coronavírus (Covid-19). O que faço?
  • Fique atento à sua condição de saúde, principalmente nos primeiros 14 dias
  • Reforce os hábitos de higiene, como lavar as mãos com água e sabão
  • Caso apresente sintomas como febre, tosse ou dificuldade de respirar, procure uma unidade de saúde e informe o seu histórico de viagem


O Brasil está preparado para enfrentar o coronavírus (Covid-19)?

SIM! Antes mesmo da Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmar a epidemia na China, o Brasil já havia identificado o surto. Diante deste cenário, foram realizados boletins epidemiológicos diários, materiais para a vigilância, instruções de procedimentos da doença e fortalecimento da rede laboratorial. Além disso, foi criado um site (saude.gov.br/coronavirus) para esclarecer as dúvidas da população e de profissionais de saúde. Nosso país possui um Plano de Contingência em todo o território nacional que prevê ações para uma transmissão da doença local ou ampliada, de acordo com as medidas previstas pelo protocolo mundial.

A vitamina D cura ou previne o
coronavírus (Covid-19)?

Nenhuma das duas! Até o momento, não há qualquer medicamento que possa prevenir o coronavírus.

Para evitar que Fake News sobre o coronavírus se espalhem, confirme se as mensagens são verdadeiras antes de repassá-las.

Procure o canal Saúde sem Fake News, no endereço saude.gov.br/fakenews. Lá, você encontrará respostas oficiais e atualizadas. Caso não encontre sua dúvida no site, ligue para 136, 190, 193 e 199.

Tem
recebido
muitas
notícias
sobre a
doença?

Vídeos

Fique tranquilo,
mas atento!

A infecção por coronavírus é uma doença de baixa letalidade. Dados da OMS mostram que 80% dos casos são leves. A maior preocupação é quando a doença atinge idosos ou pessoas com doenças crônicas.

Informação e lavar as mãos com sabão são as melhores prevenções!

Dicas

1

Evitar contato próximo com pessoas com infecções respiratórias agudas

2

Lavar frequentemente as mãos, especialmente após o contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente e antes de se alimentar

3

Usar lenço descartável para higiene nasal

4

Cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir

5

Evitar tocas mucosas de olhos, nariz e boca

6

Higienizar as mãos após tossir ou espirrar

7

Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas

8

Manter os ambientes bem ventilados

Está com suspeita do vírus?

Procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência.

Veja os links aqui:

Unidades Básicas de Saúde (UBS)

Hospitais

previous arrow
next arrow
Slider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72