Hospital de Santa Maria participa de projeto para aumentar segurança do paciente


09/04/2019 - 15h23

Unidade pretende reduzir riscos comuns no serviço de saúde, prevenindo falhas evitáveis

Com a proposta de aumentar a qualidade da assistência prestada, o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) assinou, nesta terça-feira (9), o termo de compromisso para implantação do projeto Paciente Seguro. A ideia é aumentar a proteção dos pacientes dos riscos comuns no serviço de saúde, prevenindo falhas que podem ser evitadas.

Outras 45 novas instituições de Brasil também aderiram ao projeto, que já contava com 15 hospitais que participam desde 2016. A solenidade de assinatura foi realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, onde se reuniram representantes de várias secretarias de saúde do Brasil e do Ministério da Saúde.

A iniciativa é coordenada pelo Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre, em parceria com o Ministério da Saúde, por intermédio do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS).

“Nosso objetivo é melhorar a segurança do paciente adotando medidas que são simples, mas que causam um grande impacto na qualidade da assistência. Vamos capacitar os profissionais para todas as rotinas de serviço para proteger o paciente”, disse o diretor do HRSM, Fabiano Dutra.

Ele citou que o projeto incluirá o treinamento de profissionais de todos os setores do hospital, englobando Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Centro Cirúrgico, Enfermarias e área de gestão e de atendimento.  Entre as estratégias do projeto estão a educação de pacientes, familiares e acompanhantes; identificação do usuário; comunicação efetiva; cirurgia segura; higiene de mãos; segurança de medicamentos; prevenção de quedas e lesão.

O encontro no CICB tem duração de três dias, período em que ocorrerá treinamento inicial para dar continuidade ao projeto até dezembro de 2020.

 

Texto: Ailane Silva/Iges-DF

Fotos: Divulgação