Hospital de Santa Maria implementará novo prontuário hospitalar

Profissionais começam treinamento na próxima terça-feira (1º) para operar a plataforma

Thays Rosário
27/11/2020 - 18h10

O Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) começará a implementar uma nova versão de Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP). Para operar a plataforma, 40 colaboradores começam um treinamento nesta terça-feira (1º). A ação faz parte da mudança do sistema de gestão hospitalar, que já foi realizada também no Hospital de Base (HB) e nas seis unidades de pronto atendimento (UPAs) do Distrito Federal.

Mudanças no sistema de gestão hospitalar facilitam o trabalho da administração

O sistema — chamado Soul MV — engloba outros módulos, como gestão de custos, para tornar a administração dos recursos mais eficaz. As modalidades Almoxarifado, Farmácia e Manutenção já estão em pleno funcionamento na unidade de saúde desde agosto deste ano.

No caso do sistema de prontuário, a ferramenta contribui para a melhoria no serviço prestado no hospital, ao reduzir a espera por atendimento. É o que explica o gerente de Sistemas do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), Severino Ferreira da Silva Neto.

“O Soul faz com que deixemos de ter apenas um sistema de prontuário eletrônico para trabalharmos com um sistema único de gestão hospitalar, que armazena, organiza e mensura dados desde o atendimento até o faturamento”, detalha Silva Neto. “Isso traz muito mais transparência para o nosso serviço”, avalia.

O Sistema Soul MV Hospitalar

O Soul MV Hospitalar reúne soluções que facilitam o fluxo de dados entre os setores e integram todos os processos hospitalares.

O sistema gerencia informações clínicas, assistenciais, administrativas, financeiras e estratégicas, proporcionando uma gestão mais eficiente e melhor atendimento para os pacientes.

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br