Iges-DF assina termo de cooperação com associação voluntárias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Documento reconhece parceria com os cerca de 600 voluntários que desenvolvem ações no Base

 

Com mais 600 voluntários sociais atuando diariamente no Hospital de Base (HB), o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal assinou, nesta terça-feira (30), os termos de cooperação com as quatro associações que realizam diversas ações de cunho social para auxiliar pacientes e acompanhantes em diversos setores da unidade hospitalar.

“Essa é uma forma de reconhecer o trabalho e de manifestar a gratidão pela humanização desenvolvida pelos voluntários. Esse documento se traduz em todas as ações feitas. Esse hospital é de vocês, que resgatam todos os dias a dignidade da pessoa humana e o amor entre as pessoas”, elogiou o diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo, na solenidade de assinatura, que aconteceu no jardim.

As associações de voluntários estão há muitos anos no Hospital de Base, como é o caso da Rede Feminina de Combate ao Câncer. “Esse ato é importantíssimo para todas as entidades, porque temos que ter esse reconhecimento. É um trabalho que ocorre há 22 anos e atendemos muitas pessoas. No hospital, tem uma equipe que atua na parte médica e outra que atua na parte assistencial, que somos nós”, disse a presidente da Rede Feminina, Maria Thereza Falcão.

A Rede realiza mais de 2 mil atendimentos por mês em 25 programas assistências, que incluem doação de cesta básica, lanche, acolhimento, visita ao leito, doação de prótese mamária e realização de bazar. São 300 voluntários que atuam com muita dedicação, diariamente.

Diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo, e as representantes das associações de voluntários

 

Maria Oneide Miranda, diretora executiva da Associação Amigos do Hospital de Base (AAHB), que tem 99 voluntários, conta que a entidade completará 21 anos. “Nós sempre prestamos serviços para pacientes internados e do ambulatório, por isso, é importante essa ação de hoje”, disse.

Entre os projetos desenvolvidos pelo AAHB estão os Contadores de história, Reiki, grupo de recreação denominado“Anjalhaços”, doação de cadeiras de roda, de banho e muletas, fornecimento de passagens urbanas, estaduais e interestaduais para pessoas carentes que vêm de outras regiões, custeio de despesas de tratamentos e manutenção do bazar beneficente.

O terceiro grupo é o Movimento de Apoio ao Câncer (MAC), que conta com 60 voluntários. Eles fazem a distribuição de lanches no ambulatório de radioterapia e quimioterapia, entregam materiais de higiene no 10 º andar e Pronto Socorro, doam aproximadamente 70 cestas básicas por mês e, ainda, oferecem ajuda financeira para custear exames e passagens de pacientes oncológicos.

Já o Serviço Auxiliar Voluntário (SAV) conta com 160 pessoas. Entre as principais atividades desenvolvidas por elas estão Reiki, apresentação músical, visita ao leito, artesanato, corte de cabelo e barbearia, além de organização de bazar.

Uma instituição como o Iges-DF precisa do trabalho voluntário para humanizar cada dia mais o atendimento às pessoas.

 

Texto: Ailane Silva/Iges-DF

Fotos: Davidyson Damasceno/Iges-DF

 

Reportagem:

Edição:

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72