IGESDF busca certificação para atestar melhorias no Base


20/02/2020 - 15h44

Título de Acreditação Hospitalar da ONA certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente –

Após realizar uma série de melhorias que elevaram o padrão dos serviços, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) busca para o Hospital de Base a Certificação em Acreditação Hospitalar, nível 1, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). Em reunião com gestores na unidade, nesta quinta-feira (20), o diretor-presidente do IGESDF, Francisco Araújo, destacou a importância do reconhecimento.

“O que nos sustenta aqui é o nosso contrato de gestão com a Secretaria de Saúde do DF. Somos avaliados pelo resultado que produzimos. Por isso, cada um dos trabalhadores tem uma importância muito grande fazendo a sua parte para conseguirmos essa certificação, que será mais um reconhecimento a todo o trabalho que está sendo feito no Hospital de Base”, frisou Araújo.

O vice-presidente, Sérgio Costa, destacou que a alta gestão já está alinhada ao processo de certificação. “Para cumprir com essa missão e consolidar o nosso modelo de gestão, agora, precisamos realizar ações engajadas que venham ao encontro da organização e da estruturação dos processos”, ressaltou.

“Aqui, temos os melhores profissionais e a acreditação é um diploma do que nós já fazemos, porque é o reconhecimento da qualidade, da segurança e do comprometimento da nossa instituição”, complementou o diretor de Atenção à Saúde do IGESDF, Júlio Ferreira, ao reforçar a importância de unir esforços para alcançar essa meta.

A acreditação é um método de avaliação e certificação que busca, por meio de padrões e requisitos previamente definidos, promover a qualidade e a segurança da assistência no setor de saúde. Para ser acreditada, a organização precisa comprovadamente atender aos padrões definidos pela ONA, reconhecidos internacionalmente.

Por isso, aumentar a transparência dos processos de trabalho com a formalização e documentação do que está sendo feito foi uma das orientações frisadas pelo superintendente do Hospital de Base, Antônio Bonaparte.  “Temos que seguir rotinas e protolocos de forma padrão em relação ao que nós já sabemos fazer. Basta documentar. Precisamos realmente do envolvimento dos líderes para captar os trabalhadores da ponta para ingressarem nesse processo”, orientou.

A gerente de Qualidade do IGESDF, Simone Barcelos, esclareceu que para o HB ser acreditado é necessário atender aos requisitos formais, técnicos e de estrutura, conforme legislação correspondente, além de identificar riscos específicos e gerenciá-los com foco na segurança.

Entre os benefícios da acreditação estão padronização dos processos de trabalho que facilitam a organização das tarefas, evitar desperdício e gerar economia de recursos, melhorar a qualidade e a produtividade e aumentar a satisfação dos usuários do serviço, em um processo de melhoria contínua.

 

Texto: Ailane Silva/IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/IGESDF