SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

IGESDF define organograma

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Estrutura organizacional foi construída para atender expansão do novo modelo de gestão

 

Com diretorias para cuidar especificamente das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e dos dois hospitais, Base (HB) e Santa Maria (HRSM), foi criado o organograma do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF). Nesta quinta-feira (28), a estrutura foi apresentada para diretores, superintendes, gerentes e demais gestores do IGESDF.

“O instituto cresceu. Temos seis Upas e dois hospitais. Estamos fazendo um redesenho da Saúde no DF. Acredito que podemos melhorar nossos serviços começando com o tratamento humanizado, por isso, precisamos enxergar as pessoas e tratá-las com dignidade. Trabalhamos em um grande plano de saúde chamado SUS”, enalteceu o presidente do IGESDF, Francisco Araújo, ao lado da vice-presidente, Janaína Miranda.

O organograma é composto pelos conselhos Fiscal e de Administração.  Além disso, a estrutura conta com Diretoria Executiva, responsável pela gestão do IGESDF e composto pelos cargos: diretor-presidente, diretor vice-presidente, diretor de Atenção Hospitalar, diretor de Atenção Pré-hospitalar Fixa, diretor de Ensino e Pesquisa e diretor de Apoio Operacional. As diretorias contam com superintendentes e gerentes para cuidar das mais diversas áreas.

Ligados ao Gabinete do Diretor-presidente, estão as assessorias: Júridica, Compliance, Relações Institucionais, Comunicação e Ouvidoria. Ligadas à Vice-presidência estão as gerências: Processos e Projetos, Estratégia e Inovação em Práticas e Acompanhamento de Resultados.

“Foi criada a Diretoria de Atenção Hospitalar, que vai fazer a gestão dos hospitais de Santa Maria e Base. Os dois hospitais também contarão com um superintendente cada”, explicou o diretor de Atenção Hospitalar, Júlio César Ferreira.

Segundo ele, as diretorias de Apoio Operacional e de Ensino e Pesquisa trabalharão de forma matricial, ou seja, prestarão suporte a todas as unidades geridas pelo IGESDF. Já a Diretoria de Atenção Pré-hospitalar Fixa assumirá as seis UPAs do DF.

ENTENDA – O Instituto Hospital de Base (IHBDF) foi criado pela Lei 5.899 de 03/07/2017 e iniciou as atividades em 12 de janeiro de 2018. São 14 meses de funcionamento. O Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal (IGESDF) é resultado da ampliação e aprimoramento do modelo do antigo IHB.

A mudança permitiu ao instituto uma gestão moderna, baseada em resultados, com metas e indicadores de qualidade, que permitem manter o abastecimento de insumos, a manutenção de equipamentos, além da reposição rápida da força de trabalho necessária ao funcionamento do maior hospital do DF.

Em razão dos resultados positivos e da possibilidade de implementar melhorias, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, enviou à Câmara Legislativa do Distrito Federal o projeto de lei Nº 1/2019, votado e aprovado em 24 de janeiro de 2019 para contemplar mais estruturas.

O texto, conforme sancionado na Lei Nº 6.270, de 30 de janeiro de 2019, ampliou o modelo IHB para o Hospital Regional de Santa Maria e para as seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do DF. Com isso, o modelo passou a se chamar Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF).

Em 20 de fevereiro de 2019, foi publicado o decreto Nº 39.674, de 19 de fevereiro de 2019, com a regulamentação. As estruturas que fazem parte do IGESDF continuam 100% públicas, e fazem parte da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal.

 

Texto: Ailane Silva/IGESDF

Fotos: Lúcio Távora/IGESDF

 

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72