IGESDF já contratou 761 dos 2,4 mil que estão sendo selecionados


26/06/2019 - 15h13

Cronograma prevê mais 500 profissionais admitidos nas próximas semanas –

Em solenidade no auditório da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), mais 140 profissionais foram admitidos pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF). Com esse novo quantitativo,  as contratações chegam a 761, sendo que para as próximas semanas mais 500 devem ser realizadas para reforçar o atendimento nas seis Unidades de Pronto Atendimento  (UPAs), Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e Hospital de Base (HB).

O vice-governador, Paco Britto, deu as boas vindas ao novos trabalhadores e defendeu em seu discurso que o sistema de saúde está em fase de recuperação graças ao esforço do governo e a colaboração da Câmara Legislativa.

“Temos a humildade de reconhecer que ainda precisamos trabalhar muito, mas vamos contratar quase 3 mil pessoas. É a maior contratação na área de saúde do nosso país.  O governar Ibaneis Rocha determinou que Saude é prioridade e nós não vamos parar”, disse, ao citar que o governo já está pleiteado a abertura de mais seis UPAs no DF, a reforma dos hospitais e a nomeações de novos servidores.

O presidente da CLDF, o deputado Rafael Prudente, lembrou que esse reforço de profissionais para atender a população está sendo feito graças à votação realizada,  de uma forma inédita, em janeiro, durante o recesso parlamentar, para aprovação do projeto de lei que ampliou o modelo IGESDF.

“Na contramão do desemprego,  o governo faz uma contratação de quase três mil pessoas e, ao mesmo tempo, promove a melhoria dos serviços na ponta para a população”, disse o parlamentar, ao informar que, em 20 dias, o IGESDF receberá R$ 500 mil da CLDF, valor oriundo do cancelamento de uma compra de veículos que seria feita para a Casa.

O diretor-presidente do IGESDF, Francisco Araújo, agradeceu pelo apoio da CLDF e relatou que diversos secretários e governadores de outros estados estão vindo conhecer o modelo do instituto. “Toda árvore nasce com uma raiz e o nosso projeto começou aqui, com a aprovação do projeto de lei que está permitindo essa transformação na Saúde. A CLDF deu esse crédito ao governador Ibaneis, à sociedade e aos nossos novos trabalhadores. São os poderes Executivo  e Legislativo trabalhando para cuidar de quem mais precisa”, ressaltou.

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto,  disse que o instituto tem demonstrado um trabalho excelente. “A expansão do IGESDF foi o cumprimento da primeira meta do governador Ibaneis Rocha para melhorar a saúde”, ressaltou.

Para o Deputado distrital Jorge Viana, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Legislativa o trabalho do IGESDF está sendo aprovado. Ao se dirigir ao auditório lotado com mais de 600 pessoas, deputado enfatizou o papel dos novos colaboradores do instituto. “Vocês agora estão fazendo parte da Secretaria de Saúde e vou defender vocês. Parabenizo o governo porta esse projeto”, finalizou.

Também estavam presentes na solenidade o secretário adjunto de Gestão da Saúde , Sérgio Costa, secretária Adjunta de Assistência,  Renata Rainha, os deputados distritais Martins Machado, Telma Rufino e Hermeto, o secretáriose Saúde da Paraíba,  Geraldo Medeiros.

Texto: Ailane Silva/IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/IGESDF