IGESDF realiza evento sobre cuidados com a saúde mental


31/01/2020 - 18h41

Médicos e colaboradores se uniram na campanha Janeiro Branco, que foi encerrada nesta sexta-feira na UPA de Samambaia –

O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) promoveu durante todo o mês de janeiro a campanha “Janeiro Branco, a importância dos cuidados com a saúde mental”. A mobilização foi realizada por todas as Unidades de Pronto Atendimento com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a prevenção e os cuidados relacionados ao adoecimento emocional da humanidade e a melhoria da qualidade de vida.

A UPA de Samambaia realizou uma ação nesta sexta-feira (31) de encerramento da campanha Janeiro Branco. Durante todo o dia foram realizadas atividades preventivas, ciclos de palestras, aplicações de heiki, acupuntura, meditação e atendimentos psicológicos individuais para a comunidade.

A solenidade contou com a presença de gestores e colaboradores do IGESDF, como: Nadja Carvalho, superintendente de Atenção Hospitalar do IGESDF, Luciano Agrizzi, superintendente da região Sudoeste, Josinaldo Cruz, diretor do Hospital regional de Samambaia, Wendel Moreira, diretor do Hospital Regional de Taguatinga, o psiquiatra Erwin Hunter, Wallacy Coelho, especialista em psiquiatria e médico da UPA de Samambaia, Júlia Torres, chefe do núcleo de pediatria do Hospital de Base, Joel Santos, presidente do conselho de saúde da Samambaia e Regilane Ferreira, gerente da UPA da Samambaia.

A superintendente de Atenção Hospitalar do IGESDF Nadja Carvalho explicou que essa campanha tem um grande significado para o instituto e para a saúde pública.  “A família é a maior força quando uma pessoa precisa de atendimento psicológico e psiquiátrico. A prevenção a casos relacionados à depressão, ansiedade, desvios emocionais, são ações que a família deve estar atenta e procurar ajuda de profissionais”, acrescentou a superintendente.

Na palestra do psiquiatra Erwin Hunter, o tema abordado foi “A sensibilização do manejo do paciente psiquiátrico em unidade de urgência e emergência”. O médico abordou o cuidado para pacientes que tiveram consequências psiquiátricas devido ao alcoolismo. O médico alerta que campanhas como a do Janeiro Branco é de fundamental importância. “Tenho profunda solidariedade a casos como alcoolismo, pois isso é uma doença que gera consequências graves à saúde, entre elas psíquicas. Temos que olhar com menos preconceito e darmos as mãos àqueles que sofrem com doenças psicológicas devido ao álcool”, disse o médico.

O site da campanha, que foi criada por psicólogos no ano de 2014, informa que o objetivo central é a mobilização para o Brasil e o mundo, com mensagens distribuídas para a conscientização da humanidade por meio de cidadãos, psicólogos e demais profissionais, que levam mensagens de reflexão como “quem cuida da mente cuida da vida”, “quem cuida das emoções, cuida da humanidade”, “quem cuida de si, já cuida do outro”. Mostra também que “sem psicoeducação não haverá solução”, reforça a importância do autoconhecimento: “isso também tem a ver com  a sua saúde mental” e acrescenta com o slogan “o que você não resolve em sua mente, o corpo transforma em doença”, entre outras dicas e ações de valorização à vida.

 

Texto: Ascom/IGESDF

Fotos: Ascom/IGESDF