IHB inicia processo marcante na área de radioterapia do Distrito Federal


11/12/2018 - 16h47

O Instituto Hospital de Base (IHB) iniciou, nesta segunda-feira (10/12), um processo marcante na área de radioterapia do Distrito Federal: começou a retirar a fonte de Cobalto da sua Unidade de Radioterapia, visto que este elemento químico é um dos poucos ainda em atividade no país. Além de ser um processo de grande complexidade e burocrático, sua saída representa ganho em termos de radioproteção e uma transição da tecnologia utilizada, com a aquisição de um acelerador linear em substituição ao equipamento de cobalto. A radioterapia convencional ou 2D, muitas vezes relacionadas à tratamentos longos, demorados e tóxicos, agora dará lugar à tratamentos mais eficazes, seguros e com bem menos efeitos colaterais aos pacientes do IHB, que necessitam de radioterapia. O instituto iniciou a era da radioterapia tridimensional, atendendo às normas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e ANVISA. A expectativa é de dobrar o número de pacientes atendidos através da maior oferta de vagas e diminuição do tempo de tratamento, posicionado o IHB como centro de referência no Distrito Federal.