Voluntários participam de capacitação sobre fomento de projetos


12/04/2019 - 18h47

Com a proposta de capacitar os voluntários para captação de recursos e fomento dos projetos desenvolvidos no Hospital de Base (HB), foi realizado o workshop sobre Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (Siconv), na quinta-feira (12).

Esse é o primeiro encontro, que contemplou quatro módulos. Promovido de forma voluntária pelo assessor especial do Secretário de Saúde do DF, Ramon Santana Lopes, o curso visa à orientação para o desenvolvimento de planos que contemplem as exigências do Sincov.

“A ideia é que os voluntários, que atuam auxiliando tantas pessoas e já há tanto tempo aqui no HB, possam incrementar as atividades que desenvolvem com recursos que podem ser advindos tanto através de emendas parlamentares, quanto de programas de governo, as chamadas propostas voluntárias”, destacou o assessor.

Segundo ele, é preciso que sejam desenvolvidos projetos nos moldes adequados para que a proposta seja cadastrada e inserida como projeto social.

Para Marleide Dias da Costa, voluntária do Serviço Auxiliar Voluntário (SAV), a participação no curso trará ganhos significativos ao trabalho que já vem sendo realizado.

“O curso despertou muito a minha atenção por causa do objetivo proposto. A possibilidade de expandir o leque de recursos para a nossa instituição, de maneira organizada e legal, me deixou interessada”, destacou Marleide.

VOLUNTÁRIOS – Atualmente, quatro serviços voluntários desenvolvem atividades no Hospital de Base: Associação Amigos do HB, que conta com 115 voluntários e atua desde 1998; Serviço Auxiliar Voluntário (SAV), que dispõe de 170 voluntários e está há 48 anos no HB; Movimento de Apoio ao Paciente com Câncer (MAC), que auxilia pacientes desde 1992; e Rede Feminina de Combate ao Câncer, fundado em 1996 pela senhora Lígia Pratini de Moraes.

ENTENDA – O Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (Siconv) é uma ferramenta online que agrega e processa informações sobre as transferências de Recursos Federais para Órgãos Públicos e Privados sem fins lucrativos. Ele foi regulamentado pelo Decreto nº 6.170, de 25 de julho de 2007, que tornou o seu uso obrigatório por todos os gestores de recursos públicos executados de forma descentralizada (convênios e contratos de repasse).

Texto: Leilane Oliveira/Iges-DF

Fotos: Lúcio Távora/Iges-DF