Espaço de ensino digital é inaugurado na UPA de Sobradinho


02/07/2020 - 14h57

Ferramenta vai permitir aulas e treinamentos em tempo real

 

O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) inaugurou, nesta quinta-feira (02), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho, o primeiro espaço de ensino digital do instituto. Com capacidade para 20 pessoas, a sala está estruturada com equipamentos modernos, capazes de apoiar o treinamento da equipe de saúde da unidade, além de possibilitar a realização de reuniões e treinamentos remotos por teleconferência.

 

Na inauguração, foi transmitido um treinamento, em tempo real, do Centro de Simulação Realística do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), e apresentado o conteúdo de tele-educação da plataforma EaD do IGESDF.

 

Para o diretor-presidente do instituto, Sergio Costa, essa é uma ferramenta importante que vai contribuir no processo de capacitação, qualificação e interação com as unidades, aproximando as práticas e o desenvolvimento técnico dos colaboradores.

“Estamos evoluindo, utilizando instrumentos que nos dão capilaridade, para que possamos fazer a capacitação no menor tempo e com a melhor qualidade possível”, destacou o presidente.

 

Para Costa, esse é um investimento inovador. “Nesse período de pandemia estamos vendo o quanto é possível nos reinventar e avançar em novas práticas como a telemedicina e a teleregulação, otimizando, principalmente, o tempo de resposta aos nossos pacientes”, pontuou.

 

Para o diretor de Inovação, Ensino e Pesquisa do IGESDF, Everton Macêdo, o instituto tem investido em formas inovadoras de qualificar o seu corpo de colaboradores.

“A ideia é gerar conhecimento para os profissionais de saúde que tem que enfrentar as situações de atendimento no dia a dia”, explicou.

 

 

Segundo ele, todas as UPAs do Distrito Federal serão equipadas com esse espaço de ensino digital para integrar o conhecimento.

“Todos poderão ter acesso aos 25 vídeos-aula, disponíveis na plataforma EAD do site do IGESDF. Nosso objetivo é qualificar o máximo de profissionais possível”, afirmou Everton.

 

Para o médico da UPA de Sobradinho, Rafael Figueiredo, o espaço é uma ferramenta crucial para a uniformização de conduta, e para ter a certeza que o corpo clínico está agindo de forma uníssona e coesa.

“Com a pandemia, todos os dias temos grande debates entre infectologistas, intensivistas, pneumologistas do mundo inteiro, e a cada dia sai um estudo novo. Então, as condutas tendem a mudar constantemente, e termos esse espaço de constante debate é fundamental para nossa atualização”, concluiu

 

Texto: Mara Moreira/ Agência IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/ Agência IGESDF