20 de janeiro: Dia do Farmacêutico

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sandra Turcato

A Farmácia Clínica do Hospital de Base conta com 16 profissionais e já atua em conjunto com a equipe assistencial em várias áreas da unidade, como o Pronto Socorro e a Oncologia

Dia 20 de janeiro é o Dia do Farmacêutico. Dia em que vamos relembrar a criação da Farmácia Clínica do Hospital de Base (HB). Os seus farmacêuticos atuam junto com a equipe assistencial, de médicos e profissionais da Enfermagem, para avaliação do paciente, prescrição do medicamento e orientação quanto ao seu uso. A Farmácia Clínica foi criada em 2015. Naquela época, contava com uma colaboradora. Hoje são 16.

Aquela primeira colaboradora hoje é a chefe do Serviço da Farmácia Clínica do Hospital de Base, Nathália Lobão. “Nosso trabalho agrega valor em saúde, segurança e qualidade ao atendimento que o Hospital de Base presta aos pacientes”, resume Nathália, ao falar da equipe. “Eu trabalhava sozinha e hoje conto com uma equipe de profissionais muito dedicados e competentes. Este certamente será meu maior legado profissional”, afirma.

O crescimento da Farmácia Clínica, não apenas em número de profissionais, mas em atuação dentro do Hospital de Base, só foi possível pelo reconhecimento dos gestores do HB e do IgesDF. Segundo ela, a equipe assistencial também reconhece o trabalho dos farmacêuticos. “Hoje somos considerados imprescindíveis para que a prestação de uma assistência de qualidade aos pacientes”, orgulha-se.

“A presença dos farmacêuticos clínicos enriqueceu enormemente o tratamento dos pacientes hospitalizados. Eles contribuem ativamente com a revisão e adequação das prescrições médicas, participam dos rounds multidisciplinares, acompanham resultados de culturas, contribuindo para o uso racional de antibióticos, e também atuam nas conciliações medicamentosas”, detalha a chefe das UTIs de Trauma e Geral do HB, a médica Jordana Rey Laureto. “A atuação do farmacêutico clínico, especialmente nos rounds multidisciplinares, trouxe muito aprendizado para todos os membros da equipe, especialmente médicos e enfermeiros. A presença deles nas UTIs trouxe muita segurança para os pacientes. Admiro muito a equipe e construímos uma parceria incrível no trabalho!”, acrescenta a médica.

“Acredito que os médicos sentem o diferencial do nosso trabalho porque olhamos para o paciente de forma individualizada e não apenas para o medicamento. Este é o diferencial da nossa equipe da Farmácia Clínica”, reconhece Nathália Lobão. Hoje, os farmacêuticos clínicos atual em 11 áreas do HB. Desde o contato inicial com o paciente, durante toda a internação e também no momento da alta médica, para garantir o acesso e a educação quanto ao uso da medicação em casa.

A equipe da Farmácia Clínica começou atendendo as UTIs. Hoje atua também nos ambulatórios de Onco-Hematologia e Fibrose Cística e nas unidades de internação da Ortopedia, Neurocirurgia, Cardiologia, Cirurgia Vascular, Mastologia, Ginecologia Oncológica, Cabeça e Pescoço, Urologia e Pneumologia, Hematologia, Nefrologia e Oncologia. Desde outubro de 2022, a equipe está acompanhando também o Pronto Socorro.

No Pronto Socorro do Hospital de Base, há pacientes de especialidades complexas e por vezes únicas no DF. Consequentemente esses pacientes fazem uso de diversos fármacos ou associações de medicamentos. O farmacêutico clínico contribui na redução de riscos, prevenindo erros de medicação e melhorando os desfechos da farmacoterapia. “O farmacêutico clínico faz parte da equipe multidisciplinar do Pronto Socorro sendo de imensa importância para a segurança do paciente e da equipe, pois atua com o propósito de diminuir riscos, avaliando, prevenindo e documentando problemas relacionados a medicamentos, além de apoiar o uso racional de medicamentos”, detalha a médica intensivista Denize Pinheiro de Almeida Cotrim do Nascimento, que trabalha no PS do Hospital de Base.

“Os nossos farmacêuticos clínicos deixaram para traz aquela visão de serem um especialista presente apenas na área da farmácia , isolado, com contato restrito ao telefone. Hoje eles participam intensamente das visitas à beira leito e das discussões clínicas”, afirma. “Eles não deixaram a farmácia de lado, hoje eles compartilham o conhecimento com a equipe, interagem, atuam ativamente junto à nossa equipe, proporcionando assim o melhor cuidado possível ao paciente do Hospital de Base”, ressalta.

Intervenções farmacêuticas

Apenas em 2022, foram mais de 12,3 mil intervenções farmacêuticas realizadas pela equipe de farmacêuticos clínicos do HB. Eles estão presentes no acompanhamento de 100% dos casos da UTI e cada vez mais presentes já no momento da admissão do paciente no hospital. Na Oncologia, foram 225 atendimentos farmacêuticos realizados ao paciente oncológico ambulatorial já no seu primeiro dia de quimioterapia. Esse atendimento tem por objetivo esclarecer sobre os medicamentos, orientar sobre reações adversas e instruir o paciente quanto ao uso de medicamentos para contornar sinais e sintomas durante a quimioterapia.

Foram 10.734 prescrições de quimioterapia analisadas pelos farmacêuticos clínicos – ou seja, 98% do total de prescrições emitidas no ambulatório de Oncologia. O objetivo é trazer segurança e qualidade para o atendimento assistencial. Essa etapa é fundamental como barreira de segurança antes da manipulação do quimioterápico.

O objetivo da equipe da Farmácia Clínica é crescer ainda mais e ampliar sua atuação para outras especialidades do Hospital de Base, que também possam contar com o farmacêutico clínico como parte da equipe multiprofissional do setor.

Renata Nandes

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

2022 – IGESDF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal – Todos os direitos reservados

© 2022 – IGESDF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal – Todos os direitos reservados

Jucier Hair Designer

Com mais de história 36 anos de história localizado no edifício Radio Center, o salão de beleza Jucier Hair Designer preza pelo melhor atendimento aos seus clientes, realizando serviços como :

  • Cabelo : corte, escova, progressiva, tintura e mechas;
  • Unha : pé e mão ( em conjunto);
  • Depilação : axilas, contorno cirúrgico, meia perna e perna completa;
  • Sobrancelha : design simples.‌‌


Benefício
: 20% de desconto aos colaboradores do IgesDF

Corte:
Masculino: De R$ 45,00 por R$ 36,00
Feminino: De R$ 75,00 por R$ 60,00

Escova:
Curta: De R$40,00 por R$32,00
Média: De R$ 45,00 por R$36,00
Longa: De R$55,00 por R$44,00

Químicas:
Progressiva: De R$250,00 por R$200,00
Tintura: De R$ 180,00 por R$ 144,00
Mechas: De R$ 280,00 por 224,00

Unha:
Pé e mão – De R$45,00 por R$ 36,00

Depilação :
Axilas: De R$30,00 por R$ 24,00
Contorno cirúrgico: De R$ 60,00 por R$ 48,00
Meia perna: De R$ 40,00 por R$ 32,00
Perna completa: R$50,00 por R$ 40,00

Sobrancelha :
 Design simples – De R$ 45,00 por R$36,00

Telefone: 3967-3738
Endereço: Srtvn 702 bloco p loja 109 – Asa Norte – Ed Brasilia Radio Center.