SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

Áreas do HRSM passam por descontaminação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Equipe do Exército reforçou limpeza para evitar contaminações pelo coronavírus

Nesta terça-feira, 02, o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) foi contemplado pela visita da Companhia de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear de Goiânia do Exército Brasileiro com uma ação de desinfecção que teve como foco o combate à pandemia da covid-19.

Com o trabalho de uma equipe composta por nove militares, a limpeza durou cerca de duas horas, sendo que dois quilos de descontaminante à base de hipoclorito foram utilizados na unidade administrada pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF).

De acordo com o responsável pelo grupo, capitão Raphael Monteiro, a ação é pontual e tem como objetivo reforçar aquilo que já vem sendo feito dentro da unidade de saúde.

“Após a desinfecção, é necessário que os colaboradores da área da limpeza continuem um trabalho de manutenção para que os ambientes sejam mantidos asseados. Pois nosso trabalho é demonstrar a correta prática da descontaminação de ambientes de maneira simples, aumentando a eficácia do trabalho dos colaboradores. Além disso, nossa fala também se refere à importância da correta utilização dos equipamentos de proteção individual (EPIs)”, explica o capitão.

Na ação, foram desinfectadas as áreas administrativas, área do entorno de atendimento ao público, área de triagem e na tenda para atendimento de síndromes respiratórias instalada no HRSM.

O superintendente do HRSM, Olavo Müller, destaca que uma limpeza geral é feita diariamente em toda a unidade hospitalar, mas a ação traz ainda mais eficácia para o trabalho desenvolvido.

“Estamos trabalhando de forma bastante intensa na desinfecção de todos os nossos ambientes a fim de que profissionais e pacientes estejam protegidos contra a covid-19. E esse apoio que as Forças Armadas têm dado com essas ações que estão sendo desenvolvidas por todo o DF complementa o que estamos fazendo”, salienta Olavo.

AÇÕES – O IGESDF está realizando uma série de ações desde o início da pandemia para capacitar e proteger os colaboradores. Luvas, capotes, protetores faciais, álcool gel e macacões estão sendo distribuídos frequentemente para garantir a proteção dos profissionais, conforme os protocolos da lei de biossegurança.

Outras ações são a testagem dos colaboradores, afastamento imediato dos profissionais que testam positivo e restrição da quantidade de pessoas nos refeitórios usados pelos colaboradores. Além disso, mais de 7,5 mil capacitações de profissionais para o enfrentamento da covid-19 já foram feitas pelas equipes de educação permanente do IGESDF.

Na área física, foram feitas adequações físicas, como isolamento das áreas onde há o atendimento de casos de covid-19 para evitar a contaminação. O IGESDF também tem realizado assistência emocional e psicológica aos colaboradores.

 

Texto: Ascom/IGESDF

Fotos: Divulgação/IGESDF

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72