SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

Atendimento na UPA do Recanto das Emas está normalizado

Fumaça provocada pela liberação de oxigênio no reservatório assustou pacientes, mas o problema foi logo resolvido

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Thays Rosário

Já está totalmente normalizado o atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Recanto das Emas, que foi parcialmente interrompido na manhã desta quinta-feira (11) por causa de um incidente técnico registrado no sistema de armazenamento e distribuição de oxigênio. Ainda pela manhã, a situação já estava sob controle. Nenhum dano material foi registrado e nenhum paciente deixou de ser atendimento por causa do incidente, segundo informou a direção do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges-DF), que administra a UPA do Recanto.

UPA do Recanto das Emas

Eram 5h30 de quinta-feira quando foi detectada uma nuvem de fumaça branca saindo do taque de oxigênio da unidade. A fumaça surgiu porque o tanque recebeu forte pressão, o que provocou a liberaçãode oxigênio para disponibilizar espaço no reservatório. “A válvula de segurança detectou um acúmulo de pressão, o que levou a liberar espaço dentro reservatório”, esclareceu Maurício Amorim de Oliveira, engenheiro mecânico do Iges-DF. “A liberação do produto gerou a fumaça, que assustou os pacientes. Mas foi só um susto”.

O problema foi contido rapidamente. O tanque de reserva da UPA foi acionado e balas de oxigênio foram disponibilizadas para não interromper o fornecimento do produto aos pacientes. Por questão de segurança, alguns pacientes tiveram que ser transferidos para outras unidades, sendo transportados em ambulâncias do instituto, do SAMU e do Corpo de Bombeiros.

Durante toda a operação, nenhum paciente ficou sem assistência. “Ninguém foi prejudicado”, garante a chefe da Vigilância Epidemiológica das UPAs, Irene Ferreira. “Foram transferidos apenas os pacientes que estavam usando oxigênio, permanecendo os que não dependiam do produto naquele momento. A transferência foi para garantir a segurança desses pacientes”.

O estoque de oxigênio na UPA do Recanto das Emas está regular. O reservatório principal, com capacidade para 5 mil metros cúbicos, registrava nesta quinta-feira 92% de ocupação. A UPA conta ainda com uma central de backup com seis cilindros de 10m³ e mais seis de reserva. Além disso, dispõe de três cilindros de 2m³ e mais nove cilindros de 1m³, sendo seis em estoque e três nas salas de atendimento.

 

Edição: Ailane Silva

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72