Base passou por adequação para proteger pacientes e profissionais contra Coronavírus


02/04/2020 - 10h33

Pronto-socorro foi dividido em duas alas para isolar área de atendimento de Covid-19

Uma série de adequações foi executada no Pronto Socorro do Hospital de Base para proteger pacientes e colaboradores contra o Coronavírus. A unidade é responsável por receber pacientes imunodeprimidos diagnosticados com a doença.

“Nós já realizamos capacitações, compras de equipamentos de proteção individual e essas adequações vêm complementar todas as medidas para atender de forma adequada nossos pacientes e proteger nossos colaboradores”, ressaltou o diretor-presidente do IGESDF, Sérgio Costa.

O superintendente Operacional do Base, Mauro Fatureto, explicou que o pronto-socorro foi dividido em duas alas, sendo que a norte continuará fazendo o atendimento rotineiro das doenças comuns e a ala sul está restrita para atendimento de casos de Covid-19.


“Nossa expectativa é de colocar aproximadamente 50 leitos na ala sul pra atender os pacientes com o diagnóstico da Covid-19. Os leitos contam com equipamentos como respiradores, eletrocardiógrafo, oxímetro, monitores”, ressaltou.

Segundo ele, foi feita a reestruturação de todas as instalações do pronto-socorro, com reforço de itens como pontos de transmissão de gases medicinais e iluminação, além da instalação de mais dois equipamentos de ar condicionado para melhorar a temperatura do ambiente. Técnicos também fizeram testes da capacidade energética para garantir que todos os equipamentos funcionem adequadamente.

Além disso, foram definidas rotas de saída de materiais e resíduos que vem da ala sul para evitar contaminação.

Texto: Ailane Silva/IGESDF

Foto: Davidyson Damasceno/IGESDF