Campanha Outubro Rosa será encerrada com 1,3 mil mulheres atendidas


16/10/2020 - 19h23

O Hospital de Base e o Hospital de Santa Maria continuarão realizando exames de mamografia e ecografia

Com um saldo de 1,3 mil mulheres atendidas com consultas e exames médicos, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF) encerra neste sábado (17) a campanha Outubro Rosa, iniciada no dia 1º deste mês. A campanha será finalizada, mas o Hospital de Base (HB) e o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) continuarão realizando exames de mamografia e de ecografia. A solenidade de encerramento acontecerá às 9 horas, no HRSM, com a presença do diretor-presidente da instituição, Paulo Ricardo Silva.

A campanha foi realizada no Hospital de Base, HRSM e nas seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Em 17 dias de campanha, voltada para mulheres de 50 a 69 anos, foram feitas mais de mil consultas, 50 atendimentos psicológicos e 500 mulheres foram encaminhadas para realizar exames de mamografia e ultrassonografia na rede. Apenas no Hospital de Base e no HRSM, foram realizadas 280 mamografias.

As consultas, realizadas por equipe de enfermagem e de mastologistas, foram feitas em duas unidades do Ônibus da Mulher e nos consultórios dos hospitais, onde os profissionais orientaram sobre a importância do auto-exame para diagnosticar o câncer de mama.

Além desses atendimentos, foi inaugurado no jardim do Hospital de Base o Salão Rosa Solidário, que passou a oferecer gratuitamente corte de cabelo e barba para pacientes e seus acompanhantes. O salão é coordenado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer, formada por um grupo de voluntários que atuam no hospital.

A campanha foi lançada pelo secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, e pelo presidente do IGESDF, Paulo Ricardo Silva, em cerimônia prestigiada pela primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, e do Distrito Federal, Mayara Noronha, que também é secretária de Desenvolvimento Social do DF, além da secretária da Mulher, Érika Filippelli. O evento foi organizado pela equipe da Diretora de Inovação, Ensino e Pesquisa (DIEP), chefiada por Emanuela Ferraz.

OUTUBRO ROSA

O movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, o Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 17.572 pessoas morreram de câncer de mama em 2018 no Brasil. Para 2020, o INCA estima que 66,2 mil novos casos de câncer de mama sejam registrados no país.

 

Texto: Ailane Silva Ascom/IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno – Ascom/IGESDF