Colaboradores do Pronto-Socorro do HB recebem agradecimento em forma de alimentação


28/04/2020 - 13h07

Iniciativa é de grupo de amigos do projeto Amor Brasília

Os profissionais de saúde que atuam no Pronto-Socorro (PS) do Hospital de Base (HB) estão recebendo, todas as segundas e quintas-feiras, alimentos de voluntários. Segundo a coordenadora do projeto Amor Brasília, Marta Bastos, essa é uma forma de agradecer a todos os profissionais que estão dentro do hospital e trabalham para que o resto da população possa continuar se protegendo.

“Essa é a forma que encontramos dos profissionais saberem que rezamos por eles, e o alimento que trazemos é para traduzir isso”, destaca.

Para a técnica em enfermagem da neurocardiologia, Alana Barreira, esse carinho e reconhecimento ajudam aos profissionais no enfrentamento do receio que também sentem nesse período. “Quando viemos para o hospital cuidar da vida dos nossos pacientes, deixamos em casa nossos filhos e entes queridos e isso é impactante. Eu sei que não estamos fazendo nada além da nossa obrigação, mas é gratificante saber que as pessoas do lado de fora estão vendo o nosso trabalho. Sinto a mesma alegria quando um dos nossos pacientes recebe alta”, afirma Alana.

Para o diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF), Sergio Costa, as manifestações de solidariedade são importantes.“Essas ações nos emocionam. A área da saúde, por si só, é vista pela maioria dos nossos profissionais como uma missão. A pandemia da Covid-19 faz com que todos enfrentem o trabalho com uma tensão ainda maior. Gestos como esses confortam quem está no dia-a-dia dentro das unidades de saúde”, conclui.

O PROJETO – O Amor Brasília é um projeto criado por 20 amigos. Juntos, eles compram os alimentos e fazem mil quentinhas de galinhada ou macarronada e distribuem todas as quintas-feiras na rodoviária de Brasília. Com a epidemia da Covid-19 incluíram profissionais de saúde para a distribuição de lanches como forma de agradecimento pelo trabalho realizado. Por isso, nas últimas semanas, o grupo tem comprado 80 hambúrgueres da empresa parceira Must Burguer para entregar aos profissionais de saúde do PS do Hospital de Base.

“Nós vemos todos os dias a coragem de quem está na linha de frente dessa batalha, na tarefa diária para salvar a vida das pessoas. Os lanches são apenas um jeito de demonstrar nosso agradecimento”, ressalta Artur Bastos, 26 anos, um dos idealizadores do projeto.

 

Texto: Mara Mendes/ Ascom IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/Ascom IGESDF