Começa treinamento de profissionais contratados para UPA de Ceilândia

Iges prepara médicos, farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros e assistentes sociais que vão atuar nas novas unidades

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Davidyson Damasceno/Ascom IGESDF
Colaboradores simularam atendimento aos pacientes

Já começaram a ser treinados os 292 profissionais que o Instituto Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) contratou nesta semana para trabalhar nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Ceilândia – Setor O e do Paranoá, que devem ser inauguradas ainda em setembro. Cada UPA vai contar com 146 profissionais, entre eles, médicos, farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros e assistentes sociais. Todos passarão por treinamento antes de começar a trabalhar nas novas unidades que o Iges está construindo.

A preparação começou com o grupo contratado para a UPA da Ceilândia, com atividades realizadas na manhã desta sexta-feira (3) no auditório do Hospital de Base e prosseguiu à tarde na área destinada pelo HBDF à Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa do Instituto (Diep), responsável pela capacitação dos contratados. Posteriormente serão treinados os colaboradores admitidos para a UPA do Paranoá.

“Os profissionais contratados vão passar por treinamentos teóricos e práticos, inclusive dentro das respectivas UPAs em que irão trabalhar, convivendo com situações realísticas simuladas”, explicou a diretora da Diep, Emanuela Ferraz, em palestra aos contratados. “Nossa missão é sempre oferecer cursos para capacitar cada vez mais os profissionais de saúde na atividade que vão desempenhar para que possamos oferece um atendimento de excelência e qualidade aos nossos pacientes”, salientou.

Davidyson Damasceno/Ascom IGESDF
Evento teve participação dos representantes do IGESDF

A superintendente das UPAS, Nadja Vieira, também recepcionou os novos contratados e incentivou-os a se dedicarem aos cursos preparatórios. “Aproveitem este momento de aprendizado para atender aqueles que mais precisam e mais aguardam pela abertura das unidades: os nossos pacientes”, enfatizou.

Já o superintendente do Hospital de Base, Paulo Cortez, destacou que o Diep exercer um papel estratégico nas unidades administradas pelo IGESDF ao , treinar profissionais, abrir cursos e incentivar a pesquisa, o conhecimento e a produção científica dos colaboradores para melhorar o atendimento.”Aproveitem essa oportunidade”, recomendou Cortez aos novos contratados.

Profissionais treinam profissionais

O treinamento está sendo ministrado por profissionais com experiência em saúde pública. Do treinamento participam outros profissionais que têm pouca ou nenhuma experiência em atendimento a pacientes em unidades publicas de saúde. Tanto os capacitadores quanto os capacitados formam um grupo de
médicos, farmacêuticos, nutricionistas, enfermeiros, assistentes sociais e administradores.

Os cursos abordam diversas ações teóricas e práticas. No treinamento desta sexta-feira, os novos contratados ouviram palestras sobre temas como “Excelência no Atendimento”, “Comunicação Não Violenta” e “Humanização na Assistência”. Os novos contratados aprovaram a metodologia.

O treinamento renovou a confiança da contratada Rosicleide Jerônimo, 40 anos, enfermeira há nove anos e que pela primeira vez vai trabalhar na saúde pública. “Como já tenho conhecimento, achei que começaria trabalhar imediatamente”, contou. “Mas essa preparação provou que o IGESDF teve o cuidado de integrar as pessoas que estão chegando com os profissionais mais experientes. Isso me deixou bem mais tranquila”.

Davidyson Damasceno/Ascom IGESDF
Rosicleide Jerônimo se sentiu mais segura com os conhecimentos  adquiridos

Para a enfermeira Cristiane de Oliveira, 42 anos, a oportunidade de trabalhar na UPA da Ceilândia veio em boa hora. Havia seis meses que ela estava desempregada. “Fiquei muito feliz ao descobrir que tinha sido aprovada no processo seletivo e satisfeita com essa atualização de conhecimentos que eles nos possibilitaram hoje”, declarou Cristiane, agora ansiosa para “colocar a mão na massa”. “Quero me aprimorar cada vez mais na área e de desenvolver um bom trabalho”, declarou.

Reportagem: Thaís Umbelino

Edição: Pelágio Gondim

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72