“DF estará pronto para receber e armazenar vacinas”, garante secretário

Osnei Okumoto está otimista quanto ao cronograma de vacinação contra covid-19 informado pelo Ministério da Saúde

Ederson Marques
09/12/2020 - 13h11

Vacinação já teve início pelo Reino Unido, na Europa.
Reino Unido já iniciou vacinação

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal estará pronta para receber e armazenar as vacinas que estão previstas para chegar a partir de janeiro ao Brasil. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (9) pelo secretário Osnei Okumoto, que comentou o cronograma do Ministério da Saúde para vacinação contra a covid-19.

De acordo com o planejamento informado pelo ministro Eduardo Pazuello, em pronunciamento nessa terça-feira (8), o país receberá 100 milhões de doses no primeiro semestre de 2021. Pelo cronograma, serão 15 milhões em janeiro, outras 15 milhões em fevereiro, mais 20 milhões em março e assim sucessivamente.

> Leia também: Iges investiu mais de R$ 136 milhões para salvar vítimas da pandemia

Okumoto tranquilizou a população quanto à capacidade de armazenamento das vacinas. “Todas as salas de vacinação têm câmaras de conservação. E todas elas são reguladas e fiscalizadas pela Vigilância Sanitária para que tenham condições de armazenar e imunizar nossa população”, afirmou.

E 2021 será mesmo o ano da vacinação. Segundo o cronograma do Ministério da Saúde, além das 100 milhões de doses no primeiro semestre, outras 160 milhões chegarão no segundo semestre. Ao todo, no próximo ano, serão 260 milhões de doses. Hoje, a população brasileira é estimada em 211 milhões de habitantes. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) será responsável pela aprovação das vacinas em estudo.

Veja declaração do secretário de Saúde do DF

(Gravação feita sem máscara porque estava sozinho no ambiente)

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br