DIEP ganha novas resoluções que normatizam uso de verbas

Documentos foram aprovados pela Diretoria Executiva para aperfeiçoar a gestão dos recursos financeiros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Diretoria Executiva do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Direx) aprovou duas resoluções (RDEs nº 20 e 38) que tratam do uso de recursos captados por meio de ações da Diretoria de Inovação e Pesquisa (DIEP) do IGESDF.

 

A primeira trata especificamente da Pesquisa Clínica Patrocinada, com orientações sobre a execução, acompanhamento, controle e avaliação dos recursos financeiros oriundos de pesquisas patrocinadas no âmbito do IGESDF. Nesse caso, uma das orientações que precisam ser seguidas, de acordo com o Artigo 6º, é a de que deverá ser parte integrante e indissociável do contrato de pesquisa patrocinada a identificação das captações, despesas, cronograma de pagamento, condições e formas de pagamento, prazo de execução, vigência e valores. Nesta RDE foram criados 5 fluxos para os processos de pagamentos, são eles:

 

  1. a) Aquisição de bens e serviços;
  2. b) Reembolso de transporte e alimentação para os participantes de pesquisa;
  3. c) Reembolso de deslocamento de membro da equipe de pesquisa;
  4. d) Pagamento de bolsa de pesquisa;
  5. e) Pagamento eventual por prestação de serviço.

 

Já a RDE 38 trata dos recursos financeiros captados por meio das ações de inovação, ensino e pesquisa sob gestão da DIEP. “Os recursos financeiros captados pelas ações da DIEP são relevantes para a instituição. A elaboração e publicação desta RDE é uma entrega extremamente importante, uma vez que estabelecer as regras torna o processo da execução orçamentária mais transparente, organizado e célere”, ressaltou a diretora de Inovação, Ensino e Pesquisa do IGESDF, Emanuela Ferraz. Segundo ela, com base nestas resoluções, o instituto busca assegurar maior transparência na execução dos recursos captados com ações de inovação, ensino e pesquisa. Além disso, as RDEs endossam o procedimento de prestação de contas, controle e fiscalização da instituição.

 

Serão três fluxos criados na RDE 38 e todos eles serão publicados no MVGE para consulta:

 

  1. a) Fluxo para o pagamento de despesas com aquisição de bens, realização de obras e prestação de serviços com recursos disponíveis na conta corrente.
  2. b) Fluxo para o pagamento de despesas com aquisição de bens, realização de obras e prestação de serviços realizados diretamente por instituições conveniadas.
  3. c) Fluxo para o pagamento de despesas de natureza eventual para pessoa física/jurídica por prestação de serviço.

 

Mariela Souza de Jesus, diretora-presidente interina do IGESDF reforça a importância de ações, resoluções e normas que otimizem a transparência de todas as ações do Instituto, “recentemente temos publicado resoluções importantes para ampliar a transparência e também a segurança jurídica do IGESDF em todas as esferas contratuais” esclarece.

 

ENTENDA – Entre as missões do IGESDF, está o desenvolvimento de atividades de ensino e pesquisa no campo de saúde por meio de ações de promoção da educação em saúde, oferta de cenários de prática para estudantes de graduação e pós-graduação de instituições públicas e privadas, fomento de programas de residência médica, profissional e multiprofissional e outras atividades de ensino, capacitação e formação em saúde.

 

Algumas atividades de inovação, ensino e pesquisa são desenvolvidas em parceria com entes conveniados. Utiliza-se de contratos, convênios, termos de parceria, de fomento ou de cooperação, ou outros instrumentos congêneres, para que sejam estabelecidos objetivos em comum a fim de fomentar ações de inovação, ensino e pesquisa no âmbito do IGESDF. A partir da celebração de instrumentos formais, o IGESDF pode receber recursos financeiros.

 

No IGESDF, as parcerias que envolvem as atividades de inovação, ensino e pesquisa são coordenadas pela DIEP.  Entre inúmeros benefícios dessas parcerias estão a troca de experiência interinstitucional, oportunidades de inovação, melhoria de estrutura de inovação, ensino e pesquisa e produção de conhecimento.

 

Clique aqui e confira as RDEs.

RDE 020_Normas para utilização de recurso de pesquisa patrocinada_versão publicada

RDE 038_Normas para utilização de recursos_versão publicada

Reportagem:

Edição:

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72