Espaço de ensino digital é inaugurado na UPA de Ceilândia


04/08/2020 - 15h27

A sala vai permitir o treinamento da equipe de saúde em tempo real

A partir desta terça-feira, 04, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia passa a contar com um Espaço de Ensino Digital, criado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF). O local tem capacidade para 20 pessoas e está estruturado com equipamentos modernos capazes de apoiar o treinamento da equipe de saúde.

Para o diretor-presidente do instituto, Sergio Costa, o espaço digital possibilita aos profissionais de saúde alcançarem mais conhecimento técnico e científico, de forma prática, acessando novas tecnologias.

“Estamos vivendo um tempo em que cada dia é um novo aprendizado. Todo o conhecimento é dinâmico e estamos permitindo que nossos profissionais de saúde estejam sempre atualizados, interagindo com outras instituições nacionais e internacionais”, completou Sergio Costa.

A gestão do conhecimento, nesse período de pandemia é, para a Dra. Nadja Carvalho, superintendente de Atenção Pré-Hospitalar, um grande desafio. “É fundamental disseminar conteúdos para nossos profissionais, que estão trabalhando em unidades muito distantes umas das outras, e nem sempre podem se deslocar para acessar novas informações, daí a importância desses espaços que serão instalados em todas as UPAs”.

O diretor de Inovação, Ensino e Pesquisa do IGESDF, Everton Macêdo, considera que “a qualificação do corpo técnico vai acontecer de forma mais rápida, permitindo imediata aplicação do conhecimento na prática clínica”. Para Everton, o espaço coloca o conhecimento mais próximo daquele que necessita do aprendizado, interagindo com as áreas técnicas que produzem os conteúdos.

A inauguração do espaço digital na UPA foi acompanhado de perto pelo Administrador Regional de Ceilândia, Marcelo Piauí, que agradeceu todos os investimentos que o IGESDF, mesmo em período de pandemia, tem realizado na saúde em Ceilândia e no Distrito Federal.

Os profissionais de saúde que vão utilizar a ferramenta reconhecem o valor do investimento. Lilian Carla Valente, coordenadora multi-profissional da UPA de Ceilândia, considera “importantíssimo para aprimorar e aperfeiçoar o conhecimento das equipes” O espaço, segundo ela, será muito bem utilizado por todos os colaboradores.

Para ilustrar as possibilidades do uso do espaço, um treinamento, em tempo real foi transmitido do Centro de Simulação Realística do Hospital Regional de Santa Maria. Todos os colaboradores poderão ter acesso aos estudos já disponibilizado na plataforma EAD do IGESDF, que tem mais de 25 conteúdos em seu portfólio.

 

Texto: Mara Veiga/Agência IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/Agência IGESDF