Hospital de Base recebe novos voluntários da Rede Feminina de Combate ao Câncer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sessenta voluntários ingressaram na Rede Feminina de Combate ao Câncer do Distrito Federal, na última sexta, dia 1 de abril, para atuarem nas ações realizadas no Hospital de Base do Distrito Federal – HB.

A rede feminina, criada em 1996, conta hoje com 480 voluntários. O ingresso de novos voluntários acontece semestralmente, e todos passam por treinamento e capacitação a fim de colaborar da melhor maneira tanto no trato com os pacientes quanto com o pleno funcionamento do Hospital. Para Vera Lúcia Bezerra da Silva , coordenadora geral da Rede Feminina, “um voluntário capacitado é capaz de promover ações benéficas não apenas para os pacientes mas para toda a rede de atuação”, disse Verinha, como é conhecida.

Mariela Souza de Jesus, diretora-presidente interina do IGESDF comemora a integração de novos colaboradores à rede parceira. “A rede feminina é uma instituição parceira que atua permanentemente no Hospital de Base, otimizando e humanizando a relação do paciente que está em processo de tratamento e recuperação, parabenizo cada ação realizada e tenho certeza de que a ação voluntária reflete diretamente na saúde dos pacientes” diz a diretora.

Durante a cerimônia de recepção dos novos voluntários foram apresentados, por meio da coordenação de Compliance do IGESDF, o Código de Ética e Conduta da Rede Feminina. Segundo Eduardo Corrêa, a entrega dos códigos tem como finalidade orientar as ações desejáveis para o bom funcionamento do trabalho voluntariado, com base nos valores humanitários e ainda com foco no relacionamento, comunicação e integridade. “As atividades desenvolvidas pelos voluntários no Hospital de Base é de extrema relevância no tratamento dos pacientes, tornando o ambiente hospitalar mais leve com empatia e alegria. Além disso, a Responsabilidade Social é um pilar do Programa de Integridade do IGESDF e o Compliance deve incentivar e apoiar as ações dos voluntários”, disse o coordenador.

Reportagem: Renata Nandes

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72