Apenas em 2022 Hospital de Santa Maria, referência em pediatria, realizou 230 atendimentos a crianças vítimas de violência

Dados foram divulgados para chamar a atenção para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

De janeiro a abril de 2022, 230 atendimentos a crianças e adolescentes vítimas de violência foram realizados no Centro de Especialidade para Atenção às Pessoas em Situação de Violência Sexual, Familiar e Doméstica (Cepav) Flor do Cerrado do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). O balanço foi divulgado em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, celebrado oficialmente nesta quarta-feira (18).

O Cepav oferece assistência de médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais e, nesta quarta, 18, em alusão a data, parte dos profissionais do Centro participou de treinamento promovido pela Secretaria de Saúde, na Unidade Básica de Saúde 1 de Santa Maria. “Enquanto serviço de referência, fomos chamados para capacitação sobre tão relevante questão. Faz-se necessário refletir sobre esse tema, principalmente em um contexto de pandemia em que notamos muitas notificações de violência”, disse o assistente social, Caio Milhomem da Silva.

A psicóloga Karla Jordana Carvalho de Moraes explicou que a capacitação apresentou temas como: tipos de violência, sinais de violência e como encaminhar as crianças e adolescentes aos serviços de proteção com foco na violência psicológica e sexual. “O tratamento da violência envolve vários atendimentos, principalmente quando as vítimas são crianças e o agressor é um familiar. Por isso, é importante uma equipe treinada e capacitada para prestar essa assistência”, disse.

No Cepav, os pacientes são acolhidos por profissionais da enfermagem e recebem acompanhamento individual de psicólogos e assistentes sociais, além de participarem de terapia multiprofissional feita por intermédio de grupos temáticos.

ATENDIMENTO – Além de crianças e adolescentes, o Cepav Flor do Cerrado atende mulheres vítimas de violência. O acesso ao serviço pode ser via encaminhamento feito por profissionais ou espontaneamente quando a própria paciente procura atendimento. Para agendar basta encaminhar um e-mail para cepavflordocerrado@gmail.com ou ligar para 61 4042-7770, ramal 5525. O horário de funcionamento é das 7h às 12h e das 13h às 18h.

DATA – O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes foi criado em 2000 pelo projeto de lei 9970/00. O objetivo é sensibilizar a sociedade para o compromisso de proteger as crianças e adolescentes.

Reportagem: Ailane Silva

Edição: Renata Nandes

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72