HRSM recebeu reforço de 440 profissionais durante pandemia


04/08/2020 - 11h54

Foram contratados 90 médicos, 79 enfermeiros, 163 técnicos de enfermagem, 36 fisioterapeutas, entre outros profissionais

Desde o início da pandemia, foram contratados 440 profissionais temporários para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). Referência para atendimento de pacientes com covid-19, a unidade recebeu reforço de 90 médicos de diversas especialidades, 79 enfermeiros, 163 técnicos de enfermagem, 36 fisioterapeutas, entre outros profissionais.

“Aumentar o quadro é fundamental para estarmos aptos a atender o fluxo adicional de pacientes diagnosticados com covid-19. Além do aumento da demanda, há afastamentos de profissionais classificados como grupo de risco”, ressaltou a chefe do Núcleo de Pessoas HRSM, Angélica Cristina de Lima Oliveira.

A gestora ressaltou que todas as contratações foram possíveis graças ao esforço do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF), por intermédio da superintendência, gerências, Núcleo de Pessoas e Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt).

“Estamos providenciando leitos, insumo e contratando profissionais para garantir que a população tenha o atendimento necessário durante a pandemia”, complementou o diretor-presidente do IGESDF, Sérgio Costa.

SERVIÇO – O HRSM é referência no atendimento à casos de covid-19. A unidade possui a maior parte de leitos abertos pelo IGESDF. Primeiro, foram entregues 40 de UTI com ventiladores, no quinto andar, com recursos do próprio hospital.

Depois, também com recursos do próprio hospital, mais 36 leitos foram abertos – divididos entre 20 de cuidados intermediários com respiradores e 16 de retaguarda com oxigênio – em parte do ambulatório, em uma área que foi isolada para funcionar como pronto-socorro para COVID-19.

Posteriormente, foram contratados 50 leitos de UTI com respiradores que são operados pela empresa Domed. Há, ainda, 45 leitos de enfermaria em pleno funcionamento abertos com recursos próprios.

 

Texto: Ailane Silva/ IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/IGESDF