Humanizar promove oficinas aos colaboradores do Iges-DF

Evento visa capacitar profissionais do instituto para um atendimento cada vez mais humanizado

Thais Umbelino
08/01/2021 - 16h17

O Hospital de Base e o Hospital de Santa Maria recebem, de segunda (11) a quarta-feira (13), o 1º Circuito de Oficinas do Humanizar, projeto que oferece acolhimento qualificado a pacientes e acompanhantes em todas as unidades do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF). O evento é aberto aos colaboradores que atuam nos dois hospitais e nas unidades de pronto atendimento (UPAs) do DF.

Auxiliares de atendimento do projeto Humanizar atuam em todas as unidades do Iges-DF

Com temas voltados para gestão humanizada, direitos dos pacientes e resoluções de conflitos, as oficinas visam integrar todos os setores com o serviço dos monitores do Humanizar, que atuam especialmente na entrada das unidades. “A gente quer que todos trabalhem juntos em prol de um atendimento humanizado”, afirma Larissa Miriam Andrade, assessora da Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep).

As oficinas serão ministradas por funcionários do Iges e convidados externos, como uma professora que ensinará conceitos básicos da Língua Brasileira de Sinais (Libras). “Nosso objetivo é oferecer atividades dinâmicas e interativas deixando esse momento mais leve, para que, além de aprender, os participantes se divirtam”, comenta Larissa.

A previsão é que os circuitos ocorram a cada semestre, sempre aberto a todos os colaboradores.

A primeira-dama do Distrito Federal e Secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, é a madrinha do Projeto Humanizar. “O projeto visa confortar o paciente e dar direcionamento imediato, garantindo, assim, um atendimento mais eficiente e o acesso digno aos serviços de saúde”, destaca Mayara.

Sobre o Humanizar

Criado em 19 de novembro de 2019, o projeto Humanizar segue as diretrizes estabelecidas pela Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde. A proposta é melhorar a relação entre pacientes, familiares e profissionais com acolhimento logo às portas de entrada das unidades de saúde.

Inicialmente, foi implementado no Hospital de Base, sendo depois levado para o Hospital de Regional de Santa Maria (HRSM) e para as seis UPAs. Atualmente o projeto é composto por 111 colaboradores, entre gestores, consultores, analistas e auxiliares.

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br