Iges contrata 292 profissionais de saúde para Ceilândia e Paranoá

Primeiro grupo assinou contrato de trabalho em cerimônia no Palácio do Buriti, prestigiada pelo governador

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Durante solenidade, governador confirmou que vai inaugurar a nova UPA de Ceilândia ainda neste mês

Com o aval do governador Ibaneis Rocha, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) contratou nesta quarta-feira (1) 146 profissionais para atuar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ceilândia II e amanhã (2) vai contratar mais 146 colaboradores, que vão trabalhar na UPA do Paranoá. As duas UPAs, que estão entre as sete unidades em construção pelo IGESDF, devem ser inauguradas ainda em setembro.

Os profissionais de saúde que vão atender na UPA Ceilândia II, localizada no Setor O, assinaram contrato de trabalho com o IGESDF em cerimônia realizada no Palácio do Buriti com a presença do governador Ibaneis Rocha. Já o contrato com os profissionais que atuarão na UPA do Paranoá será assinado em solenidade no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), no Setor Médico Hospitalar Norte.

Além desses 292 profissionais, está prevista a contratação de mais 718  colaboradores para as outras cinco UPAs que o IGESDF também vem construindo, totalizando  1.015 trabalhadores. Essas unidades ficam no Riacho Fundo II, Gama, Planaltina, Brazlândia e Vicente Pires. A meta do instituto é inaugurá-las ainda em 2021.

Ibaneis: “não ficamos parados”

Na cerimônia no Buriti, quatro profissionais contratados receberam do governador Ibaneis Rocha o crachá funcional do IGESDF para que possam atuar na UPA.  Na ocasião, ele destacou a importância da chegada desses novos profissionais no sistema de saúde pública do DF, especialmente em tempos de pandemia.

Ibaneis ressaltou que o DF está em uma fase de recuperação da Saúde após a pandemia

“Tivemos um ano e meio de pandemia, o que tornou ainda mais difícil um trabalho que já não era fácil”, afirmou o governador. “Aqui no DF tomamos a posição de não ficar parados: reformamos todas as UPAs e ampliamos esse sistema. Estamos em uma fase de recuperação da autonomia da saúde. É momento de atender a população do DF com o respeito que ela merece, cuidando da saúde de quem precisa”.

O governador fez questão de lembrar o trabalho que vem sendo feito para melhorar a saúde do DF. “Quando eu recebi o governo tínhamos seis UPAs e incorporamos essas unidades ao Instituto de Gestão Estratégica”, relatou. “Passamos a fazer um trabalho de reformar todas as nossas unidades de pronto atendimento e vi que precisávamos ampliar. Fizemos pesquisas de campo e verificamos que eram necessárias mais sete UPAs. E nós investimos muito nisso”, ressaltou o governador, acrescentando que a meta é “expandir esse modelo para todas as cidades do DF”.

Apoio à saúde do DF

A vice-presidente do IGESDF, Mariela Souza de Jesus, ao parabenizar os profissionais contratados destacou que o instituto vem atuando para reforçar o compromisso com o Governo do Distrito Federal para prestação de serviços de forma ininterrupta e humanizada. “Sabemos que tem muito a ser feito, mas acreditamos nesse modelo de gestão para apoiar a Secretaria de Saúde do DF”, declarou.

Vice-Presidente do IGESDF, Mariela Souza de Jesus, reforçou o compromisso do IGESDF com o governo

Já a superintendente Pré-Hospitalar do IGESDF, Nadja Vieira, ressaltou o papel das UPAs. “Essas unidades, incondicionalmente, têm hoje uma notória importância na rede de saúde do DF, porque absorvem uma grande demanda de pacientes que chegam com emergência que precisam ser atendidas”, enfatizou.

Todos os profissionais já contratados ou que ainda vão ser admitidos pelo IGESDF para trabalhar nas UPAs passam por três fazes até começarem a atuar: a aprovação por meio de processo seletivo, a contratação e o treinamento durante o período de 15 dias, coordenado pela Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (DIEP). Esse treinamento será dado nas seis UPAs atualmente administradas pelo IGESDF.

Os contratados representam 18 cargos, entre elas estão: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, analistas de laboratório, farmacêuticos, nutricionistas, assistentes sociais, técnicos de laboratório, técnicos de radiologia, auxiliares de farmácia, entre outros cargos administrativos.

 

A animação de quem chega

A farmacêutica Nayara Hott, 31 anos, moradora da Asa Norte, que trabalhava numa drogaria, foi uma das contratadas para atuar na UPA de Ceilândia. “Estou bem ansiosa para conhecer meu novo trabalho”, revelou. “Para mim vai ser um desafio. O salário vai continuar o mesmo, mas sei que vou ganhar muito mais experiência e que vou poder contribuir no atendimento à população do DF”, disse.

A farmacêutica Nayara Hott, 31 anos, moradora da Asa Norte, que trabalhava numa drogaria, foi uma das contratadas para atuar na UPA de Ceilândia

Já Wesley Henrique Seixas Martins, 28 anos, que mora em Águas Claras, foi contratado para atuar como médico plantonista. Ele contou que antes de se formar, há um ano e meio, trabalhou em duas unidades do IGESDF: no Hospital Regional de Santa Maria e no Hospital de Base, durante o internato da faculdade. Há seis meses ele atua nas UPAs de Águas Lindas (GO) e de Valparaíso (GO).  “Quero voltar para o IGESDF”, anima-se. “A minha expectativa é conseguir contribuir com a saúde pública. É um grande avanço do Governo do DF colocar mais sete UPAs para funcionar”, elogiou.

Wesley Henrique Seixas Martins, 28 anos, atuará como médico plantonista

A técnica de enfermagem Alessandra Matos da Silva, 46 anos, que mora em Vicente Pires, conta que também é a segunda vez que vai atuar no instituto.  “Trabalhei por nove meses no Pronto Socorro Covid-19 do Hospital de Santa Maria, mas sai em dezembro de 2020, porque era contrato temporário. Agora, é definitivo”, disse, ao declarar que a contratação representa uma nova etapa na vida. “Estou ganhando dois presentes: um emprego e, em breve, uma UPA na minha cidade”.

A técnica de enfermagem Alessandra Silva, 46 anos, também recebeu o crachá das mãos do governador

 

 

Reportagem: Ailane Silva

Edição: Pelágio Gondim

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

2022 – IGESDF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal – Todos os direitos reservados

© 2022 – IGESDF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal – Todos os direitos reservados

Jucier Hair Designer

Com mais de história 36 anos de história localizado no edifício Radio Center, o salão de beleza Jucier Hair Designer preza pelo melhor atendimento aos seus clientes, realizando serviços como :

  • Cabelo : corte, escova, progressiva, tintura e mechas;
  • Unha : pé e mão ( em conjunto);
  • Depilação : axilas, contorno cirúrgico, meia perna e perna completa;
  • Sobrancelha : design simples.‌‌


Benefício
: 20% de desconto aos colaboradores do IgesDF

Corte:
Masculino: De R$ 45,00 por R$ 36,00
Feminino: De R$ 75,00 por R$ 60,00

Escova:
Curta: De R$40,00 por R$32,00
Média: De R$ 45,00 por R$36,00
Longa: De R$55,00 por R$44,00

Químicas:
Progressiva: De R$250,00 por R$200,00
Tintura: De R$ 180,00 por R$ 144,00
Mechas: De R$ 280,00 por 224,00

Unha:
Pé e mão – De R$45,00 por R$ 36,00

Depilação :
Axilas: De R$30,00 por R$ 24,00
Contorno cirúrgico: De R$ 60,00 por R$ 48,00
Meia perna: De R$ 40,00 por R$ 32,00
Perna completa: R$50,00 por R$ 40,00

Sobrancelha :
 Design simples – De R$ 45,00 por R$36,00

Telefone: 3967-3738
Endereço: Srtvn 702 bloco p loja 109 – Asa Norte – Ed Brasilia Radio Center.