Iges-DF incentiva colaboradores a doarem sangue

Campanha está ajudando a repor os estoques do Hemocentro, que foram reduzidos por causa da pandemia

Thays Rosário
03/12/2020 - 16h38

Os colaboradores das unidades administradas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) estão ajudando a repor os estoques de sangue do Hemocentro de Brasília e, assim, contribuindo para salvar vidas. É o Projeto Iges-DF em Doação, que começou na última terça-feira (1º) e se encerra nesta sexta (4).

A farmacêutica clínica Fernanda Araújo saiu do Hospital de Santa Maria, onde trabalha, para doar sangue no Hemocentro

Além de estimular a doação, o projeto oferece transporte gratuito. Em horários pré-estabelecidos, um ônibus fornecido pela direção do Iges-DF transporta os colaboradores das unidades onde trabalham até o Hemocentro. 

Foi assim na terça e na quarta, quando colaboradores foram transportados da Central de Armazenamento, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), e do Hospital de Base. Foi assim também nesta quinta-feira (3), com equipes do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). Amanhã (4) será a vez dos colaboradores das unidades de pronto atendimento (UPAs) de Ceilândia, às 9h, e Sobradinho, às 14h.

A farmacêutica clínica Fernanda Araújo, 28 anos, que trabalha no HRSM, abraçou o projeto. “A iniciativa de nos trazer para cá é muito positiva”, aprovou. “Foi a primeira vez que doei e me fez muito bem. Agradeço pela oportunidade de ajudar a salvar vidas.”

O projeto terá continuidade no próximo ano, segundo Caio Oliveira Martines, gerente de Saúde, Segurança e Qualidade de Vida no Trabalho do Iges-DF, que idealizou a campanha. Novas ações serão programadas para junho, setembro e dezembro de 2021, conforme ele. “As doações podem ajudar milhares de famílias”, declarou, agradecendo o apoio dos colaboradores.

Hemocentro precisa de mais doações

Nos 10 primeiros meses de 2020, a Fundação Hemocentro registrou a média de 155 doações por dia. No mesmo período de 2019, esse número havia sido 167. Com a pandemia do coronavírus, tem sido difícil manter os estoques de hemocomponentes, segundo Alexandre Nonino, diretor-executivo do Hemocentro.

“A sociedade precisa saber que, apesar da suspensão de algumas cirurgias eletivas, vários procedimentos não deixaram de ocorrer, como os de urgência e os relativos a tratamento de câncer ou doenças hematológicas”, explicou Nonino. “É aí que entra o apoio das instituições, que incentivam seus funcionários a doarem. É um ato de responsabilidade social importante.” 

Quem pode doar

Podem doar sangue pessoas com idade entre 16 anos completos (com autorização dos pais) e 69 anos. É necessário pesar mais de 50 quilos e apresentar documento de identidade original com foto. Não precisa estar em jejum. 

As doações são agendadas previamente pelo site Agenda DF ou pelo telefone 160, opção 2. O Hemocentro de Brasília fica no Setor Médico Hospitalar Norte, Conjunto A, Bloco 3, e funciona de segunda a sábado, das 7h às 18h.

Veja o vídeo de colaboradoras do HRSM doando sangue no Hemocentro:

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br