IGESDF aumenta controle dos insumos farmacêuticos do Hospital de Santa Maria


25/08/2020 - 16h31

Equipes estão fazendo a contagem de todos os insumos e levantamento será inserido no sistema que permite monitoramento constante

Todos os medicamentos, insumos médicos-hospitalares, órteses, próteses e materiais especiais do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) estão passando por uma contabilidade detalhada que fará parte do primeiro inventário desses itens realizado na unidade de saúde.

A iniciativa, promovida pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF), tem como objetivo aumentar o controle e fiscalização dos itens, bem como aumentar a eficiência e o uso mais racional dos recursos. Os insumos são armazenados em cinco pontos do hospital: Central de Abastecimento Farmacêutico, centro-cirúrgico, centro-obstétrico, UTI e Dose.

“Com essa ação, vamos saber exatamente quantos medicamentos estão no estoque dessas unidades, calcular o consumo detalhado por setor e paciente, elevar o monitoramento da entrada e saída e ter o consumo médico mensal exato”, ressaltou a gerente de Insumos Farmacêuticos e OPME do IGESDF, Carliane Rodrigues.

Segundo ela, outros benefícios são verificar quais medicamentos estão próximos da data de vencimento e que devem ser usados primeiro, evitando perdas de estoques, bem como ter todos esses dados em painéis onde os gestores podem fazer consultas diariamente da situação real.

“O Hospital de Base já usa esse módulo e passou por um inventário no dia 14 de agosto deste ano. No sistema, é possível inserir dados como código do produto, lote, validade, quantidade, custo, entrada e saída por setor. Após essa contabilidade e inserção dos dados, que deve ser finalizada na sexta-feira, poderemos, inclusive, saber quanto cada paciente gastou com medicamentos. O que permitirá a ampliação da fiscalização”, complementa a gerente.

O superintendente adjunto de Insumos e Logística do IGESDF, Mailson Veloso Sousa, explica que, até então, todos esses dados eram gerados de forma manual. Agora, eles serão inseridos de forma virtual no sistema de gestão que está sendo implantado pelo instituto em todas as unidades que administra.

“Ter o controle total e atualizado dos estoques das nossas Unidades é vital para tomada de decisões estratégicas, rápidas e inteligentes. Tem sido a marca do IGESDF enfrentar os desafios de maneira firme, independentemente das dificuldades. Inventariar, constantemente, unidades como Hospital Regional de Santa Maria, Hospital de Base e as UPAs, registrando todo o caminho no qual os insumos percorrem, contribui para uma logística eficiente”, destaca o superintendente.

“Estamos modernizando todas as nossas unidades com um novo sistema de gestão, o qual permite implementar várias ações para aumentar o monitoramentos dos nossos serviços e insumos. Nosso foco é melhorar a gestão e eficiência, bem como evitar que faltem insumos ou que eles sejam mal aproveitados”, ressaltou o diretor-presidente do IGESDF, Sérgio Costa.

 

Texto: Ailane Silva / Agência IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno / Agência IGESDF