IGESDF homenageia profissionais da linha de frente do Hospital de Base

Equipe que trabalhou na reabilitação de pacientes na UTI Covid-19, já desativada, recebe menção honrosa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Davidyson Damasceno/Ascom IGESDF
Profissionais atuaram na linha de frente da covid-19 no HB

Os profissionais que atuaram na Unidade de Terapia Intensiva para Coronavírus (UTI Covid-19) instalada no Hospital de Base (HBDF) foram homenageados nesta terça-feira (31) com certificado de menção honrosa concedido pela direção de enfermagem do setor, em reconhecimento aos serviços que prestaram no enfrentamento da pandemia do coronavírus.

A UTI Covid-19 foi desativada na última sexta-feira (27), voltando a atuar como UTI Trauma e Cirúrgica. Os cerca de 100 profissionais que estiveram na linha de frente contra a pandemia passaram a atuar na nova unidade de terapia intensiva. O Hospital de Base, que é administrado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (IGESDF), agora conta com apenas 10 leitos para pacientes com coronavírus, que funcionam na UTI Covid-19, localizada próxima ao Pronto Socorro do HB.

Davidyson Damasceno/Ascom IGESDF
Cerca de 100 menções honrosas foram distribuídas

Os homenageados forma um grupo que trabalhou na reabilitação de pacientes com coronavírus, entre fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, enfermeiros e técnicos. “Eles merecem reconhecimento a todo momento”, afirmou a chefe do Núcleo de Serviço de Enfermagem, Ana Cristina Bretas Fontenelle, ao entregar a certificação. “Nós temos que fortalecer esse comportamento de reconhecer o trabalho dos profissionais de saúde para que eles se sintam amparados e seguros e saibam o quanto são importantes para o hospital”.

Já a chefe do Serviço de Enfermagem, Luanna Camaro Carvalho, ao participar da homenagem destacou que os profissionais foram recrutados para assumir um desafio e que souberam dar conta da missão. “Nos deram uma missão e essa missão foi cumprida”, declarou. “Estamos felizes em finalizar essa etapa e gratos por ajudar a salvar tantas vidas”.

Os profissionais agradeceram a homenagem.  “É um motivo de orgulho ter participado dessa luta, apesar dos momentos tão difíceis que enfrentamos”, disse Layane Cristine da Silva, 33 anos, que atua como rotineira da UTI. “Só quem esteve lá sabe o tanto que é árdua essa missão. Mesmo assim, se for preciso estamos preparados para ajudar, sempre”.

A fisioterapeuta Juliana Alves, 38 anos, sentiu-se orgulhosa com a homenagem pelo trabalho realizado, afirmando: “Depois de tantas dificuldades, a gente conclui com orgulho essa etapa, que, sem dúvidas, nos deixou mais resilientes e mais fortes como profissionais de saúde”.

Reportagem: Thaís Umbelino

Edição: Pelágio Gondim

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72