Iges-DF reafirma compromisso com a transparência e eficiência


20/10/2020 - 17h40

Presidente Paulo Ricardo Silva garante ao Conselho de Saúde do DF que dará total clareza às ações e contas do instituto

Azelma Rodrigues

A nova gestão do Instituto de Gestão Estratégica da Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) tem o compromisso de corrigir eventuais falhas administrativas e financeiras que forem detectadas por qualquer órgão de fiscalização. Foi o que garantiu hoje (20) o presidente do Iges, Paulo Ricardo Silva, ao participar, por meio de videoconferência, de reunião extraordinária do Conselho de Saúde do DF, convocada exclusivamente para conhecer as propostas da nova gestão do instituto.

“Nesse marco zero da nossa administração, quero deixar claro que estamos de portas abertas para receber sugestões e críticas”, afirmou Paulo Ricardo.  “Se encontrarem algo de errado, nós vamos consertar”, garantiu o novo presidente, comprometendo-se a dar total transparência às ações do Iges-DF, especialmente com relação ao desempenho financeiro da instituição.

Presidindo o instituto desde o último dia 16, Paulo Ricardo entende ser igualmente importante a participação da sociedade para o sucesso  do modelo de gestão de saúde proposto pelo IGESDF.  Por isso, defende que as instituições representativas da sociedade também ajudem o instituto na busca por soluções para a saúde pública.

Paulo Ricardo também destacou que o IGESDF tem sido um importante aliado da Secretaria de Saúde (SES) para enfrentar os mais diversos problemas do setor. Como exemplo, citou a atuação da instituição no combate à pandemia, que vem ajudando a SES a estabilizar o número de casos e a reduzir a taxas de infecção pelo Covid-19.

O presidente enfatizou, ainda, que o serviço social autônomo prestado pelo Iges-DF tem sido visto como “modelo de referência no Brasil” por estar dando resultados positivos desde 2018, quando foi implantado. Atualmente, segundo ele, diversos governantes têm manifestado interesse em conhecer a experiência do Distrito Federal.

Fotos: Davidyson Damasceno / Ascom Iges-DF