IGESDF realiza 504 mil atendimentos nutricionais na pandemia

Dia do Nutricionista é comemorado com outra marca expressiva: 8.600 refeições servidas na rede de saúde administrada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Equipe de nutricionistas do Hospital Regional de Santa Maria

Em 18 meses de pandemia, o Hospital de Base (HBDF) e o Hospital Regional de Santa Maria realizaram 504 mil atendimentos nutricionais entre março de 2020 e agosto de 2021, em média 28 mil procedimentos por mês. Com essa marca, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (IGESDF), que administra essas unidades, prestou homenagem ao Dia do Nutricionista, comemorado nesta terça-feira (31). O balanço foi apresentado pelas nutricionistas Luciana Barros Almeida Rocha e Sarah Viegas, respectivamente chefes do Serviço de Nutrição do HBDF e do HRSM.

Chefe do Serviço de Nutrição do HRSM, Sarah Viegas

No Hospital de Base, segundo Luciana Rocha, desde o início da pandemia foram realizados 270 mil atendimentos nutricionais, com média de 15 mil procedimentos por mês, trabalho executado por 36 nutricionistas. Já o Hospital de Santa Maria realizou no mesmo período 234 mil atendimentos, registrando a média de 13 mil procedimentos por mês, feitos pela equipe de 23 nutricionistas, conforme Sarah Viegas.

Equipe de nutricionistas do Hospital de Base do Distrito Federal

O Serviço de Nutrição desses hospitais oferece as seis etapas essenciais para a recuperação nutricional dos pacientes: triagem, avaliação, diagnóstico, intervenção, monitoramento dos resultados e reavaliação. O atendimento, porém, é prolongado mesmo depois que o paciente ganha alta nutricional. Neste caso, ele recebe a relação de alimentos da dieta que deverá seguir após a alta e ainda passa a ter acompanhamento nutricional nos Ambulatórios desses hospitais.

“Estamos mantendo essa rotina desde o início da pandemia”, destacou Luciana Barros Almeida Rocha. “Mesmo diante do risco da covid-19, não paramos em nenhum momento de atender pacientes internados”, acrescentou Sarah Viegas. Para elas, o alto número de procedimentos nutricionais realizado nesse período reflete a dedicação dos profissionais em lutar para salvar vidas.

 Produção de refeição

A equipe de nutrição do IGESDF tem outra importante missão: fiscalizar a qualidade das refeições produzidas e servidas por empresa terceira aos dois hospitais e às seis UPAs administradas pelo instituto. Por dia as unidades são abastecidas com cerca de 8.600 refeições, sendo 5.000 distribuídas para o Hospital de Base, 2.400 para Santa Maria e  1.200 para as seis UPAs.

Da esquerda para a direita, a chefe do Serviço de Nutrição do HB, Luciana Barros Almeida Rocha, e a chefe do núcleo de Nutrição e Produção do HB, Ana Cecília Nunes da Silva

“As refeições são preparadas durante 24 horas e em todos os dias”, informou a chefe do Núcleo de Nutrição e Produção, Ana Cecília Nunes da Silva, que comanda a fiscalização da alimentação destinada ao Hospital de Base. Segundo ela, rigorosos padrões sanitários devem ser seguidos para garantir a qualidade do alimento e evitar desperdício. “Para isso, acompanhamos de perto todo o processo produtivo”, garante.

Um batalhão de 64 técnicos em nutrição atua em todas as fases do atendimento nutricional da rede do IGESDF. Um grupo fiscaliza a qualidade da produção das refeições, outro na distribuição dos pratos e ainda há equipes que auxiliam os nutricionistas clínicos na triagem e avaliação nutricional dos pacientes.

“Além disso, há nutricionistas responsáveis por elaborar o cardápio”, ressaltou Niedja Bartira Rocha Nogueira, gerente multiprofissional do HB. Segundo ela, as refeições são padronizadas para atender ao maior número de pacientes, mas a equipe de nutricionista procura respeitar características e peculiaridades de cada paciente. Há pacientes que, por exemplo, não podem comer determinado alimento porque a comida provoca alergia, enquanto outros recusam o prato por questões religiosas ou culturais.

Para Juliana Siqueira, chefe de Produção do Hospital de Santa Maria, todos os procedimentos e cuidados para garantir a qualidade das refeições são importantes, uma vez que os pratos servidos também ajudam a salvar vidas.

Reportagem: Thaís Umbelino

Edição: Pelágio Gondim

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

2022 – IGESDF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal – Todos os direitos reservados

© 2022 – IGESDF – Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal – Todos os direitos reservados

Jucier Hair Designer

Com mais de história 36 anos de história localizado no edifício Radio Center, o salão de beleza Jucier Hair Designer preza pelo melhor atendimento aos seus clientes, realizando serviços como :

  • Cabelo : corte, escova, progressiva, tintura e mechas;
  • Unha : pé e mão ( em conjunto);
  • Depilação : axilas, contorno cirúrgico, meia perna e perna completa;
  • Sobrancelha : design simples.‌‌


Benefício
: 20% de desconto aos colaboradores do IgesDF

Corte:
Masculino: De R$ 45,00 por R$ 36,00
Feminino: De R$ 75,00 por R$ 60,00

Escova:
Curta: De R$40,00 por R$32,00
Média: De R$ 45,00 por R$36,00
Longa: De R$55,00 por R$44,00

Químicas:
Progressiva: De R$250,00 por R$200,00
Tintura: De R$ 180,00 por R$ 144,00
Mechas: De R$ 280,00 por 224,00

Unha:
Pé e mão – De R$45,00 por R$ 36,00

Depilação :
Axilas: De R$30,00 por R$ 24,00
Contorno cirúrgico: De R$ 60,00 por R$ 48,00
Meia perna: De R$ 40,00 por R$ 32,00
Perna completa: R$50,00 por R$ 40,00

Sobrancelha :
 Design simples – De R$ 45,00 por R$36,00

Telefone: 3967-3738
Endereço: Srtvn 702 bloco p loja 109 – Asa Norte – Ed Brasilia Radio Center.