SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

Jornal de Brasília destaca campanha de doação de chapéus para pacientes no HB

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Divulgação

Em sua edição desta terça-feira (17), o Jornal de Brasília destacou a ação realizada  pelos voluntários da Rede Feminina de Combate ao Câncer. Foram doados mais de 800 chapéus, lenços, toucas e gorros pelo Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do DF ao Hospital de Base, que pé administrado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).

Leia a íntegra da reportagem do Jornal de Brasília:

Reprodução
Jornal de Brasília destaca ação no Hospital de Base

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília vai doar mais de 800 chapéus, lenços, toucas e gorros para cerca de 400 pacientes atendidas pela Unidade de Oncologia do Hospital de Base (HB), administrado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Os acessórios foram arrecadados em uma campanha realizada durante o Outubro Rosa pelo Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do DF.

“A luta de um paciente de câncer é muito grande. E nossa missão é apoiar. Cada acessório doado tem o amor e a energia de todos vocês”, disse a coordenadora da Rede Feminina, Vera Lúcia Bezerra, ao agradecer pela ajuda. A instituição, sem fins lucrativos, atua dentro do Hospital de Base desde 1996, por meio de voluntários que oferecem acolhimento, apoio emocional e orientações sobre o tratamento contra o câncer.

A chefe do Escritório de Assuntos Internacionais da Governadoria, Renata Zuquim, destacou a importância da solidariedade. “Minha mãe foi paciente de câncer de mama, e a família inteira sofre”, relatou. “Depois que vem a vitória, a gente tenta olhar para as outras pessoas que passam por isso.”

O superintendente do HB, Lucas Seixas, ressaltou que, com a pandemia, as atenções se concentraram nos pacientes com coronavírus, mas que o hospital manteve os cuidados com doentes que enfrentam outras enfermidades, como o câncer. “Fico emocionado ao ver o trabalho obstinado das pessoas para minimizar diariamente as dificuldades do tratamento oncológico”, afirmou.

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília vai doar mais de 800 chapéus, lenços, toucas e gorros para cerca de 400 pacientes atendidas pela Unidade de Oncologia do Hospital de Base (HB), administrado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Os acessórios foram arrecadados em uma campanha realizada durante o Outubro Rosa pelo Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do DF.

“A luta de um paciente de câncer é muito grande. E nossa missão é apoiar. Cada acessório doado tem o amor e a energia de todos vocês”, disse a coordenadora da Rede Feminina, Vera Lúcia Bezerra, ao agradecer pela ajuda. A instituição, sem fins lucrativos, atua dentro do Hospital de Base desde 1996, por meio de voluntários que oferecem acolhimento, apoio emocional e orientações sobre o tratamento contra o câncer.

A chefe do Escritório de Assuntos Internacionais da Governadoria, Renata Zuquim, destacou a importância da solidariedade. “Minha mãe foi paciente de câncer de mama, e a família inteira sofre”, relatou. “Depois que vem a vitória, a gente tenta olhar para as outras pessoas que passam por isso.”

O superintendente do HB, Lucas Seixas, ressaltou que, com a pandemia, as atenções se concentraram nos pacientes com coronavírus, mas que o hospital manteve os cuidados com doentes que enfrentam outras enfermidades, como o câncer. “Fico emocionado ao ver o trabalho obstinado das pessoas para minimizar diariamente as dificuldades do tratamento oncológico”, afirmou.

Visita às instalações
Depois da entrega das doações, Vera Lúcia, a “Verinha”, apresentou às representantes do GDF as instalações do Hospital de Base destinadas ao tratamento de câncer e aos voluntários da Rede Feminina.

Elas visitaram o salão de beleza para pacientes de câncer e familiares, construído no jardim do Hospital de Base. O grupo também foi à sala de perucas e próteses mamárias artesanais e ao centro de quimioterapia, onde alguns acessórios foram entregues.

Uma das pacientes que recebeu um lenço e um chapéu foi Maria dos Santos da Silva, de 55 anos. Moradora do Itapoã, ela se recupera de um câncer no cérebro. “É muito bom para a autoestima. A gente se sente abraçado nesses momentos, porque o tratamento é longo e, algumas vezes, ficamos sozinhos”, disse Maria, que ganhou uma peruca no mês passado, em outra ação da Rede Feminina.

Campanha Outubro Rosa
A campanha para reunir adereços femininos começou em 21 de outubro — data conhecida internacionalmente como Dia do Laço Rosa — e seguiu até 6 de novembro. Foram dois pontos de coleta: uma caixa cor-de-rosa no Anexo do Palácio do Buriti e outra na Estação 102 Sul do metrô de Brasília.

A iniciativa, feita em alusão ao Outubro Rosa — mês de conscientização para a prevenção do câncer de mama —, contou com a parceria da Secretaria da Mulher e da Secretaria de Economia, por meio da Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida. Os órgãos mobilizaram os servidores de todo o GDF para que as doações ocorressem.

Ajude a Rede Feminina
A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília recebe contribuições diversas, como roupas, calçados, perucas, brinquedos, livros e cestas básicas.

Doações em dinheiro podem ser feitas por transferência bancária para a agência 4595-0, conta corrente 11.310-7. Mais informações pelo (61) 3315-1221 ou pelo (61) 98580-4019.

Do Jornal de Brasília

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72