Não faltam luvas nas unidades mantidas pelo Iges-DF


09/11/2020 - 19h48

Estoques do Hospital de Base, do Hospital Regional de Santa Maria e das seis UPAs administradas pela instituição são reabastecidos semanalmente

Ascom/Iges-DF

Não faltam luvas nas oito unidades administradas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Foi o que garantiu hoje (9) o presidente do instituto, Paulo Ricardo Silva, ao desmentir informações veiculadas pela imprensa de que estaria havendo desabastecimento do insumo no Hospital de Base, no Hospital Regional de Santa Maria e nas seis unidades de pronto atendimento (UPAs)  sob a administração do Iges-DF.

Chegada de luvas ao Hospital de Base nesta segunda (9): estoque é reabastecido toda semana nas oito unidades do Iges

Nesta segunda-feira (9), a instituição contabilizou em estoque 667.270 pares de luvas, segundo Laura Mendonça de Paula, gerente de Compras e Insumos Farmacêuticos do Iges. Desse total, 251.270 são luvas de látex e 416 mil de borracha nitrílica. A reposição desses e de outros insumos hospitalares é feita semanalmente, conforme a gerente.

Ainda nesta segunda, começou o reabastecimento das unidades do Iges. Só para o Hospital de Base foram fornecidos 344 mil pares de luvas, sendo 50 mil de látex tamanho P, 140 mil de látex tamanho M e 154 mil luvas de vinil tamanho M.

Luvas para todos os colaboradores

O presidente do Iges, Paulo Ricardo Silva, explicou que pode ocorrer falta temporária de algum insumo, o que não significa desabastecimento.  É o caso das luvas de látex tamanho G, que são as mais utilizadas e que, por isso, podem faltar no estoque. Para que isso não ocorra, semanalmente são reabastecidas luvas de todos os tamanhos.

“Nosso calendário de compras e reabastecimento continua funcionando, o que nos ajuda a manter os estoques em dia”, disse. “Vamos garantir todo material necessário aos nossos colaboradores em nossas oito unidades”, reforçou.

Saúde descarta desabastecimento

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, também desmentiu hoje (9) a notícia de que faltariam luvas nas unidades da rede pública do DF. Segundo o secretário, a pasta dispõe de 600 mil pares de luvas látex, que estão em estoque e que serão distribuídos às unidades da rede de saúde, de acordo com o cronograma da secretaria.

Okumoto explicou que a pandemia aumentou a procura por luvas em todo o mundo, o que levou à falta de matéria-prima (látex) no mercado e, consequentemente, à redução da fabricação desse produto. “Ocorreu o mesmo com os respiradores, que faltaram no mundo todo”, comparou.

A redução da produção, porém, não gerou o desabastecimento de luvas nas unidades da rede pública do DF, conforme o secretário. “Existem dificuldades por conta da falta de matéria-prima, mas temos estoque em todas as unidades primárias e estamos fazendo esse remanejamento para os hospitais”, afirmou.

Okumoto adiantou que a Secretaria de Saúde vai adquirir, nas próximas semanas, mais 5 milhões de pares de luvas de látex. O processo de compra está em andamento, segundo o secretário. “Essas dificuldades pontuais não são falta de programação, mas de matéria-prima mesmo. O remanejamento vai atender à demanda até a próxima compra chegar”, garantiu.

Foto: Davidyson Damasceno

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br