SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

Ouvidoria do GDF registra mais aprovações e elogios ao Iges

Balanço aponta melhora nos índices de satisfação da sociedade relativos ao atendimento do instituto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Thais Umbelino

A Ouvidoria-Geral do Distrito Federal registrou aumento na satisfação da sociedade quanto às respostas dadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Das 5.780 demandas enviadas ao longo do ano passado, 72% dos cidadãos aprovaram o retorno dado pelo Iges-DF. Em 2019, o índice registrado foi de 68%.

Os números constam de balanço anual divulgado pela Ouvidoria-Geral do DF, que concentra o recebimento de demandas de todos os órgãos da administração direta e indireta do Distrito Federal.

Segundo o balanço, a aprovação do Iges também se reflete no aumento dos elogios recebidos ao longo do último ano, que subiu em mais de 45%. Passou de 619 manifestações positivas em 2019 para 927 em 2020.

Para a assessora de Transparência e Ouvidoria da Controladoria Interna do Iges-DF, Nathália Pina, os dados representam mais protagonismo da sociedade em relação aos serviços oferecidos nas unidades do Iges. “Em 2020, registramos um número maior de manifestações, comparado ao ano anterior, o que demonstra que a relação entre a sociedade e o Iges está se fortalecendo”, avalia Nathália.

Segundo dados da Ouvidoria-Geral repassados à Controladoria Interna do Iges-DF, os pontos mais abordados pelos demandantes foram relativos a condutas de colaboradores e a pedidos de agendamentos de consultas, exames e cirurgias.

Menor tempo de resposta

Quanto à agilidade na resposta ao cidadão, mais um avanço: de 2019 para 2020, o Iges-DF reduziu de 13 para 10 dias o tempo médio no retorno das solicitações enviadas à Ouvidoria-Geral. O prazo máximo para responder a esse tipo de manifestação é de 20 dias, de acordo com a Lei nº 4.896/2012, que dispõe sobre o Sistema de Gestão de Ouvidoria do Distrito Federal.

Outro progresso está no índice de resolutividade do Iges-DF, calculado em 48% em 2020, contra 39% em 2019. A avaliação é feita pelo cidadão ao finalizar o protocolo de atendimento. Ele informa se a demanda foi resolvida ou não, nos casos de reclamações, solicitações e denúncias.

Ainda em relação ao Iges-DF, o relatório anual da Ouvidoria-Geral apontou um crescimento de 84% no número de solicitações enviadas por telefone ou internet e uma queda de 53% dos atendimentos presenciais. O declínio tem relação direta com a exigência do distanciamento social para evitar a proliferação da covid-19.

“Nesse período em que é preciso manter as pessoas em casa por conta da pandemia do coronavírus, reforçamos o compromisso de uma gestão democrática, que se preocupa com os anseios sociais e que trabalha para levar melhorias aos diversos setores da saúde”, destaca o presidente do Iges, Paulo Ricardo Silva.

SES direciona demandas

Para identificar falhas, corrigir procedimentos ineficientes, realinhar estratégias e solucionar conflitos, o Governo do Distrito Federal mantém um sistema de trabalho colaborativo e  sincronizado. Todas as demandas são recebidas pela Ouvidoria do GDF e, se relacionadas à área de saúde, encaminhadas à Secretaria de Saúde (SES).

Em seguida, a pasta direciona ao Iges-DF as questões referentes às unidades sob a gestão do instituto, para que a Assessoria de Transparência e Ouvidoria da Controladoria Interna dê continuidade ao atendimento.

Após receber a resposta do Iges-DF, o cidadão avalia a demanda como resolvida ou não e tem a opção de avaliar a satisfação com o serviço.

Como falar com a Ouvidoria

A Ouvidoria do Iges-DF é interligada à Central de Atendimento do Governo do Distrito Federal. Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode encaminhar pedidos de informação, sugestões, elogios, reclamações ou denúncias a órgãos e entidades do Poder Executivo local.

O serviço funciona 24 horas e, na área da saúde, envolve questões como o atendimento nas unidades de saúde pública, o atendimento médico, o agendamento de consultas, cirurgias e exames, o  combate ao foco da dengue e a fiscalização da Vigilância Sanitária.

Para enviar uma solicitação, basta acessar o site da Ouvidoria do GDF ou telefonar para o 160 ou o 162 (ligação gratuita). No site do Iges-DF, há um banner na página principal que direciona para o site da Ouvidoria do DF.

Canal de Denúncias do Iges-DF

Para oferecer maior transparência, o Iges-DF também instaurou um canal de denúncias próprio, seguindo um dos pilares do Programa de Integridade, pautado na Lei nº 6.112/18. O cidadão pode registrar sua demanda pelo site do instituto ou pelo e-mail ouvidoria@igesdf.org.br.

Edição: Marina Mercante

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72