Paciente oncológica com covid-19 recebe alta no dia do 75º aniversário


15/07/2020 - 18h16

Idosa estava internada no Hospital de Base e o presente foi sair da unidade ouvindo os profissionais de saúde cantando “Parabéns pra você”

Idosa e com câncer nos ossos, Expedita Gomes dos Santos venceu a covid-19 e, nesta quarta-feira (15), data em que completa 75 anos, recebeu alta do Hospital de Base, unidade referência para pacientes imunossuprimidos. O presente foi a despedida feita ao som do coro dos profissionais de saúde, que fizeram questão de cantar “Parabéns pra você”.

“Agradeço muito a Deus e peço que todos que estão aí (com covid-19) sejam curados”, disse emocionada a paciente que estava internada desde 8 de julho e foi recebida na saída do hospital por duas filhas, a Rejane Alencar, 56 anos, e a Carla Alencar, 41 anos.

“Hoje, que é aniversário dela, estamos com uma expectativa muito grande. Estamos muito felizes por ela estar saindo bem. A gente pensou que ela poderia não sair mais daqui, mas os médicos daqui são muito competentes”, declarou Rejane. “Estou ansiosa para pegar minha mãe, dar um cheiro e comemorar o aniversário dela. Para mim foi uma benção de Deus ter ela de volta depois dessa doença”, completou Carla.

Carla contou que a transmissão da doença começou pela filha dela que era assintomática. “Depois, minha filha passou para mim e, três dias depois dos meus sintomas, minha mãe começou a tossir e ter falta de ar, mais do que eu. Por isso, as pessoas tem que conscientizar”, afirmou.

SUPORTE – No Hospital de Base (HB), há 66 leitos de UTI com suporte ventilatório para pacientes com covid-19. O HB é referência apenas para casos específicos de pacientes imunodeprimidos como aqueles que têm câncer e trauma, por isso, a recuperação pode se tornar mais difícil.

Texto: Ailane Silva/ Agência IGESDF

Fotos: Davidyson Damasceno/Agência IGESDF