Projeto valoriza saúde mental dos colaboradores do IGESDF

Instituto começa “Setembro Amarelo” inaugurando o espaço “Acolher”, destinado a cuidar do emocional dos profissionais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Setembro é o mês dedicado às ações de prevenção ao suicídio e dá início às atividades, em todo o país, de conscientização sobre os cuidados com a saúde mental. Às vésperas do início do “Setembro Amarelo”, cor escolhida para simbolizar a campanha, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) lançou nesta segunda-feira (30) o Projeto Acolher: Cuidando da Saúde do Colaborador, iniciativa da Superintendência de Planejamento e Gestão de Pessoas e da Coordenação de Saúde, Segurança e Qualidade de Vida no Trabalho, da Diretoria Vice-Presidência.

O lançamento foi realizado no Hospital de Base do DF (HBDF), unidade que abriga uma das sedes do projeto, que tem como objetivo realizar ações preventivas e promotoras à saúde mental dos colaboradores, além de atividades de orientação e assistência. “O nome do projeto já ressalta a sua finalidade, que é acolher o nosso colaborador, proporcionar o cuidado com a sua saúde e, assim, possibilitar melhorias no ambiente de trabalho e, consequentemente, no atendimento à nossa população”, ressaltou a vice-presidente do instituto, Mariela Souza de Jesus.

O Projeto Acolher dá continuidade aos atendimentos psicológicos realizados ao longo de 2020, considerando o aumento do adoecimento psíquico em contexto mundial, agravado desde o início da pandemia de covid-19, atingindo também os profissionais de saúde, que lidam diariamente no enfrentamento à doença. A iniciativa atende ainda às solicitações dos próprios colaboradores do instituto acerca da oferta de atendimento.

A primeira etapa do projeto inclui atendimentos presenciais no Hospital de Base e no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), unidades que terão espaço exclusivo para acolher o colaborador. Nas UPAS, os atendimentos serão feitos de forma itinerante, para garantir a sua realização em todas as unidades.

Nas etapas seguintes, estão previstos atendimentos psicológicos individuais, grupos de terapia conduzidos por psicólogos com orientações para as equipes de forma itinerante e continuada, além de grupos de orientações baseados em técnicas de comunicação não violenta e mediações de conflito, conduzidos por profissionais. Entre outras ações, estão ainda orientações voltadas para a qualidade de vida e saúde mental dos colaboradores, como alimentação saudável e prática de exercícios físicos.

O Projeto Acolher disporá ainda de iniciativas específicas para abordar as consequências da COVID-19 com implicações diretas aos profissionais da saúde, com a realização de terapias para colaboradores que estão vivenciando situações de luto pela covid-19, terapias para profissionais que estão vivenciando sequelas pela contaminação do vírus e terapia para profissionais da linha de frente de combate ao coronavírus que se sentem saturados com situações relacionadas à assistência.

A iniciativa conta com a atuação da psiquiatra Renata Rainha, autora do projeto. Informações e agendamentos são realizados pela equipe da Vice-Presidência.

“Os atendimentos já foram iniciados há cerca de 30 dias, e já foi possível realizar intervenções fundamentais para garantir a saúde mental do colaborador, e, com isso, melhorar a qualidade do atendimento à população”, destacou Renata Rainha. “Esperamos acolher o máximo de colaboradores possível. Nossos espaços estão de portas abertas”, acrescentou.

Teleatendimento

Em conjunto com a Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (DIEP), área responsável pela telemedicina no instituto, o projeto pretende ampliar as ações aos colaboradores por meio do teleatendimento, a fim de tornar-se mais acessível aos profissionais que necessitam de assistência sem a necessidade de deslocamento físico. Para viabilizar os atendimentos, está prevista a criação do ambiente virtual do Projeto Acolher na plataforma utilizada pelo IGES, e a capacitação dos profissionais.

 

Reportagem:Nayane Taniguchi

Edição: Pelágio Gondim

Atendimento à imprensa
Ascom/IGESDF
(61) 3550-9281
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72