SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

Covid-19: IGESDF recebe cinco respiradores fabricados pela USP e Marinha

Outros 25 equipamentos devem ser cedidos até o fim do mês, totalizando 30 aparelhos  

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Thaís Umbelino

Arquivo Pessoal

O Hospital de Base (HB) recebeu o reforço de cinco respiradores pulmonares com tecnologia nacional de baixo custo para o tratamento de pacientes com covid-19, no sábado (1º/5). Os aparelhos foram fabricados e cedidos pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e Marinha do Brasil. A expectativa é de que mais 25 equipamentos sejam encaminhados até o fim do mês.

Batizados de Inspire, os ventiladores pulmonares – fundamentais para apoio à oxigenação dos paciente – são produzidos a maior parte dos componentes disponíveis no Brasil e de uso frequente em outros mercados, como o automobilístico, por exemplo. Do exterior, dependem somente de itens eletrônicos que não são fabricados nacionalmente. O custo de produção aproximado de cada ventilador é da ordem de US$ 1.500,00, muito inferior aos valores encontrados no mercado.

 

Transportados pela Força Aérea Brasileira (FAB), os equipamentos chegaram graças a uma parceria realizada entre a Poli-USP, a Superintendência do HB e a Diretoria de Inovação, Ensino e Pesquisa (Diep) do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF), que administra o Hospital de Base (HB), além do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e das seis unidades de pronto atendimento (UPAs), que também serão contemplados com as próximas remessas de aparelhos.

 

CAPACITAÇÃO

 

Para instalação correta dos equipamentos, a equipe da USP vai  disponibilizar treinamento remoto para os profissionais que atuam nas unidades de saúde do instituto. A previsão é de que os aparelhos comecem a funcionar nos próximos dias, após o IGESDF adquirir as baterias e as equipes serem devidamente treinadas.

 

“O Iges agradece a parceria entre a Escola Politécnica da USP e apoio da FAB para possibilitar essa iniciativa aqui no DF”, declara a diretora da Diep, Emanuela Ferraz.  “Iniciativas como essas contribuem e melhoram diretamente no atendimento dos usuários do Serviço Único de Saúde (SUS)”, completou, ao ressaltar que os projetos de pesquisa são uma prioridade no instituto.

 

Sobre o Inspire

 

O Inspire é um equipamento de suporte respiratório emergencial que atende os requisitos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e funciona como uma alternativa para suprir demanda hospitalar causada pela pandemia da covid-19. O equipamento foi projetado e desenvolvido por pesquisadores da Escola Politécnica da USP.

 

Os respiradores foram desenvolvidos em quatro meses por cerca de 200 pesquisadores da Escola Politécnica da USP em parceria com outros setores da universidade, como as faculdades de medicina e direito.

 

O modelo desenvolvido pelos pesquisadores da Poli-USP foi registrado com uma licença open source, o que significa que qualquer pessoa interessada pode acessar o passo a passo de manufatura (https://github.com/Inspire-Poli-USP/Inspire-OpenLung) e fabricá-lo. A exigência é de que se obtenha autorização da Anvisa.

 

Edição: Ailane Silva

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72