SALVAR VIDAS É O NOSSO COMPROMISSO.

Covid: UPAs já atenderam mais 1,2 mil pacientes em março

Foram realizados 1.107 testes e confirmados 433 casos de covi-19, num esforço para não deixar ninguém sem atendimento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Ailane Silva

Apenas nos primeiros nove dias de março, 1.241 pacientes com sintomas de covid-19 receberam atendimento médico nas seis unidades de pronto atendimento (UPAs) administradas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF). Durante esse período, foram feitos 1.107 testes de covid-19 e 433 casos foram confirmados. Segundo a diretora pré-hospitalar do Iges, Nadja Vieira, apesar do alto volume de demanda, nenhum paciente ficou desassistido. “Tivemos muitos atendimentos durante esses dias, mas os profissionais das UPAs têm feito todo o esforço necessário para atender os pacientes”, ressaltou.

UPA de Samambaia recebeu 60 pacientes em 24 horas

A gerente da UPA de Samambaia, Regilane Fonseca, informou que, somente durante a madrugada desta segunda (9) para terça-feira (10), a equipe recebeu 60 pacientes, entre pessoas com sintomas de covid e outras com outras doenças, sendo 12 oriundas de ocorrências do Samu 192 e do Corpo de Bombeiros. “No total, 221 pacientes foram atendidos em 8 e 9 de março, sendo 60 apenas na madrugada”, contabilizou a gerente. “Nenhum paciente deixou de ser atendido. Estamos recebendo esses pacientes e buscando retaguarda na rede de saúde hospitalar. O trabalho esta sendo feito. Não estamos medindo esforços”, garantiu, fazendo um apelo à população: “Fique em casa e ajude os profissionais de saúde neste momento”.

A técnica de enfermagem Ana Maria Duarte também destacou a dedicação dos profissionais para atender a todos. “Realmente, a epidemia existe” alertou. “Estamos fazendo o que é humanamente possível para atender o máximo de pessoas, mas somos uma equipe humana fazendo o possível e o impossível para melhor atender ao paciente”.

Número de atendimentos

A UPA de Sobradinho é a unidade que liderou o número de atendimentos de pacientes com sintoma de covid-19 nos nove primeiros dias de março. Foram 357 atendimentos e 98 testes. Depois, vêm as UPAs de Ceilândia (353 atendimentos e 332 testes), Samambaia (310 atendimentos e 247 testes), São Sebastião (276 atendimentos e 186 testes), Recanto das Emas (154 atendimentos e 154 testes) e Núcleo Bandeirante (101 atendimentos e 90 testes).

Já em fevereiro, foram 2.214 atendimentos médicos e 2,1 mil testes, sendo 907 casos confirmados. Foram 952 atendimentos e 777 testes na UPA de Samambaia, 835 atendimentos e 229 testes em Sobradinho, 479 atendimentos e 266 testes na UPA de São Sebastião, 415 atendimentos e 357 testes na UPA de Ceilândia, 243 atendimentos e 229 testes na UPA do Núcleo Bandeirante, 242 atendimentos e a mesma quantidade de testes na UPA do Recanto das Emas.

Os profissionais de saúde do Iges-DF continuam pedindo aos moradores que sigam as orientações para evitar a transmissão da covid-19. “Lave as mãos com água e sabão ou higienize com álcool em gel, use a máscara e mantenha o distanciamento social”, reforça Nadja Vieira.

Edição: Marina Mercante

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br

Compartilhe esta notícia pelo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nossas redes:

IGESDF | SMHS - Área Especial - Quadra 101 - Brasília - DF | CEP: 70.335-900 | CNPJ: 28.481.233/0001-72