Iges-DF apresenta Código de Ética e Conduta

Documento é um dos pilares do Programa de Integridade, que estimula boas práticas nas unidades do instituto

Ascom/Iges-DF
11/12/2020 - 19h15

A Controladoria Interna do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) apresentou hoje (11) o Código de Ética e Conduta da instituição, reunindo normas a serem seguidas por todos os gestores, colaboradores, parceiros e fornecedores.

Solenidade de Lançamento do Código de Ética e Conduta do Iges-DF
Solenidade de lançamento do Código de Ética e Conduta do Iges-DF

O documento é considerado o primeiro pilar do Programa de Integridade do Iges, que inclui medidas como a criação da Controladoria Interna, em outubro deste ano, e a disponibilização do Canal de Denúncias no início deste mês.

Essas ações têm o objetivo de fortalecer a política de transparência do Iges-DF e estimular comportamentos cada vez mais éticos em todas as unidades sob sua competência: o Hospital de Base, o Hospital de Santa Maria e as seis unidades de pronto atendimento (UPAs).

A solenidade de lançamento do Código de Ética do Iges contou com a parceria da Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) e reuniu autoridades da saúde pública, além de representantes do Ministério Público, da Procuradoria-Geral do DF e da Defensoria Pública.

Valores do Programa de Integridade

Para o presidente do Iges-DF, Paulo Ricardo Silva, o Programa de Integridade representa os valores da nova gestão. “São princípios com os quais compactuamos, como a transparência, a honestidade, a impessoalidade, a publicidade de ações e tantos outros”, declarou.

O gestor reiterou que as boas práticas devem ser adotadas por toda a equipe, “desde a alta administração até aqueles que atuam diretamente no atendimento aos usuários”. “Todos devem estar engajados a oferecer um bom serviço, não apenas técnico, mas principalmente humanizado”, disse.

A transparência e a ética salvam vidas, destacou o secretário-adjunto de Gestão em Saúde, Bruno Tempesta, que representou o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto. “Os órgãos de saúde aqui representados são responsáveis por 3 milhões de vidas no DF e mais 2 milhões no Entorno. Os gestores precisam ter isso em mente todos os dias”, afirmou.

O Iges-DF recebeu o suporte da CGDF para a implementação do Programa de Integridade. “As boas práticas são fundamentais nos órgãos públicos, e a sociedade é quem ganha”, afirmou a subcontroladora de Governança e Compliance do órgão, Joyce Chagas de Oliveira.

Código de Ética e Conduta será norteador

Com o Código de Ética lançado, o próximo passo é promover treinamentos em todas as unidades do Iges-DF, segundo o controlador interno, Bruno Lago.

E a ideia é que o documento sirva como um norte para todos os trabalhadores, reforçou o assessor de Compliance e Governança da Controladoria, Eduardo Corrêa. “No fim das contas, a integridade precisa estar no interior dos colaboradores. Ela não deve ser praticada somente nas nossas unidades. Esperamos que a levem para suas casas e suas famílias.”

Ainda segundo Corrêa, todas as denúncias serão devidamente investigadas pela Controladoria Interna. “A partir das informações recebidas no Canal de Denúncias, iniciaremos uma investigação preliminar, sigilosa. Tomaremos as devidas providências em todos os casos”, garantiu.

Também participaram do lançamento do Código de Ética e Conduta do Iges a defensora do Núcleo de Saúde da Defensoria Pública do DF, Roberta de Oliveira Melo de Souza; o promotor de justiça do DF e Territórios, Marcelo da Silva Barenco; e a subprocuradora geral Izabela Frota de Melo, da PGDF.

> Acesse a galeria de imagens do lançamento do Código de Ética e Conduta do Iges-DF

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br