Nova gestão retoma diálogo com colaboradores

Vice-presidente do Iges-DF, Mariela Souza de Jesus esteve na UPA de Ceilândia para ouvir demandas e propostas de melhoria no atendimento ao cidadão

Azelma Rodrigues e Nayane Taniguchi
06/11/2020 - 17h17

Buscar soluções que promovam melhor atendimento ao cidadão a partir do diálogo entre os colaboradores do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) e a diretoria da instituição. Com esse objetivo, a diretora vice-presidente, Mariela Souza de Jesus, reuniu-se na manhã desta sexta (6) com representantes de diferentes setores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia.

Aprimorar a comunicação e a oferta de capacitação das equipes, disponibilizar e atualizar sistemas que deem mais agilidade ao atendimento e à gestão da UPA e buscar um atendimento mais humanizado foram alguns dos temas abordados. “Percebo alguns pontos a serem trabalhados, como a comunicação, a capacitação, o melhor uso das ferramentas. E a humanização deve ir além do paciente. Ela deve ser interna e com os colegas”, destacou a diretora vice-presidente.

Outras necessidades pontuadas foram a manutenção e a substituição de equipamentos, a melhoria da estrutura física, o dimensionamento da equipe e a melhor utilização dos sistemas e das ferramentas. A partir das demandas, a Vice-Presidência, com os setores competentes, apresentará propostas e dará respostas aos participantes. “Levarei as questões ao presidente do Iges-DF e às demais equipes envolvidas. Estamos com um objetivo comum, que é atender bem ao paciente.”

Mariela também agradeceu os funcionários da UPA de Ceilândia pela dedicação e pelo esforço. “Encontrei uma equipe comprometida, que está aqui para melhorar o serviço. Agradeço a disponibilidade de vocês neste momento de diálogo”, finalizou.

Também participaram da atividade a superintendente da Unidade de Atenção Pré-Hospitalar, Nadja Regina Carvalho, o gerente-geral de Pessoas, Venício Martins do Nascimento, e a gerente da UPA de Ceilândia, Lilian Carla Valente Marinho.

Em Pauta: rodas de conversas quinzenais

A edição desta sexta-feira marca o reinício do Em Pauta, o primeiro da nova gestão do Iges-DF, organizado pela Vice-Presidência do instituto e pelo Núcleo de Treinamento e Desenvolvimento (Nutre). “Esse é um processo democrático, a cara da nova gestão, que quer ouvir do colaborador quais são os gargalos no atendimento”, ressaltou Mariela.

Os encontros abordam temáticas apontadas pelos colaboradores, que, além de relatar as necessidades, propõem soluções que reforcem os valores da instituição. “O colaborador da ponta traz para a reunião o que precisa ser melhorado e uma proposta de solução. A ideia é aproximar a alta gestão do instituto e os colaboradores de todas as unidades”, explicou Ellen Eres, chefe do Nutre.

A analista em patologia clínica da UPA de Ceilândia, Camila Borba, avaliou como positiva a realização do Em Pauta. “Acho muito boa a iniciativa de ter esse diálogo entre a Gerência e a Gestão com os profissionais que estão na ponta. É um momento muito produtivo e enriquecedor para a unidade”, afirmou.

A previsão é que as edições ocorram a cada 15 dias e que percorram todas as unidades do Iges – Hospital de Base, Hospital Regional de Santa Maria e as demais UPAs (Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho).

Edição: Marina Mercante

Atendimento à imprensa
Ascom/Iges-DF
(61) 3550-8810
imprensa@igesdf.org.br